Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Para Dunga, Brasil fez ‘jogo parelho’ contra o Chile

Técnico atribuiu derrota por 2 a 0 da seleção brasileira na estreia das Eliminatórias a decisões erradas nos contra-ataques: 'Você ganha ou perde nos detalhes'

Apesar da fraca atuação do Brasil, derrotado por 2 a 0 pelo Chile, em Santiago, na estreia das Eliminatórias para a Copa de 2018, Dunga encontrou pontos positivos na postura da equipe. O técnico disse após a partida que a seleção fez um jogo “bastante parelho” e atribuiu o resultado negativo a decisões erradas nos momentos de definir as jogadas de ataque.

LEIA TAMBÉM:

Brasil estreia com derrota para o Chile nas Eliminatórias

Equador surpreende e vence Argentina em Buenos Aires

“Perder ninguém gosta, mas a partida estava muito igual. A gente controlou bem o primeiro tempo. No segundo tempo não tomamos a decisão mais correta nos contra-ataques. Tomamos o gol em uma bola rápida no primeiro pau, que nós sabíamos que era uma característica deles”, avaliou Dunga. “Foi um jogo bastante parelho até o gol.”

O técnico disse ainda que as partidas disputadas dentro de casa serão fundamentais nessas Eliminatórias e que os resultados vão ser definidos nos ‘detalhes’. Como o futebol está muito equiparado, não existe mais surpresa. O jogo é feito por detalhes. Cada pequeno detalhe muda totalmente a partida. Você ganha ou perde nesses detalhes”, afirmou.

Chile – Falando sobre o adversário, Dunga reconheceu que a seleção chilena conta com grandes jogadores e afirmou que o entrosamento da equipe, que mantém o mesmo esquema tático há vários anos, será um trunfo a favor do Chile. O técnico, porém, frisou que, na sua opinião, o Brasil poderia ter sido o vencedor. “Se olharmos para o jogo, veremos que cada equipe teve suas oportunidades e que fomos até mais eficientes até tomar o primeiro gol.”

(Com Gazeta Press)