Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Para Borges, lesões atrapalharam ano de Ganso: ‘Disputaria a Bola de Ouro’

Destaque do Santos na temporada, o atacante Neymar está entre os 23 melhores jogadores do mundo, na disputa da Bola de Ouro, prêmio concedido pela Fifa em conjunto com a revista France Football. Mas, para o centroavante Borges, artilheiro isolado do Brasileirão, outro jogador da equipe também poderia estar concorrendo a Bola de Ouro: Paulo Henrique Ganso.

Segundo Borges, o que atrapalhou Ganso, impedindo-o de figurar na lista da premiação ao lado de Neymar, foram as várias contusões sofridas pelo meia no decorrer deste ano.

‘O Ganso é diferenciado. Dá para notar isso tanto nos jogos quanto nos treinamentos. Por isso, não tenho dúvidas de que com a mesma sequência que o Neymar teve, o Paulo também estaria entre os melhores, disputando a Bola de Ouro’, afirmou o camisa 9 do Peixe.

Recuperado de uma lesão de grau 2 no músculo posterior da coxa esquerda, sofrida na vitória da Seleção Brasileira sobre Gana, no dia 5 de setembro, em Londres (Inglaterra), o maestro santista vem intensificando as suas atividades com bola durante a semana.

Paulo Henrique Ganso, inclusive, participou do jogo-treino contra o Juvenil do Alvinegro Praiano (sub-17), na manhã desta quinta-feira, no CT Rei Pelé. O camisa 10 do Santos teve boa atuação, sem movimentando com facilidade e marcando um gol, o que deve convencer o técnico Muricy Ramalho a promover a sua volta ao time diante do Vasco, domingo, na Vila Belmiro.

Até porque, Ganso precisa adquirir ritmo de jogo visando chegar no melhor de sua condição física no Mundial de Clubes da Fifa, em dezembro, no Japão. ‘Ele está retornando e tem treinado muito bem. Agora, o que nós esperamos é que o Paulo Henrique tenha uma sequência grande de partidas, readquirindo confiança nessas últimas rodadas do campeonato. Torço para que ele volte bem e possamos ser campeões juntos no fim do ano’, concluiu Borges.