Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Palmeiras releva derrota e ganha apoio antes do clássico

No próximo domingo, equipe encara o Corinthians no primeiro duelo entre os dois times na nova casa palmeirense; partida, porém, pode ter torcida única

O renovado Palmeiras foi surpreendido pela Ponte Preta ao perder por 1 a 0, em pleno Allianz Parque, pela segunda rodada do Campeonato Paulista, na noite desta quinta-feira. Apesar do tropeço em casa, a torcida palmeirense aplaudiu o time após a partida, que marcou a estreia do atacante Dudu. O técnico Oswaldo de Oliveira e o goleiro Fernando Prass não veem motivos para o Palmeiras se abater e acreditam que o time estará melhor para o clássico deste domingo, diante do Corinthians, o primeiro na nova casa palmeirense.

Leia também:

Paulistão: Novo Palmeiras estreia com vitória sobre Audax

Palmeiras vence concorrência com rival e fecha patrocínio

Nobre exalta Dudu e diz que São Paulo fez pior com Kardec

Segundo Oswaldo de Oliveira, a falta de entrosamento da equipe é compreensível. “Fica claro que precisamos treinar e jogar muito para que todas essas mudanças rendam. Vamos passar por momentos difíceis ainda. Ninguém admite derrota, ainda mais em casa e criando tantas oportunidades, mas a derrota dá um ponto de equilíbrio e faz todo mundo perceber que precisamos progredir ainda”, analisou. Ao todo, o Palmeiras já contratou 19 reforços para 2015 – o último deles foi o meia Cleiton Xavier, anunciado pouco antes da derrota para a Ponte Preta.

O goleiro Fernando Prass, capitão da equipe nesta quinta, também prevê um início difícil, mas vê o Palmeiras no caminho certo. “Estaremos estreando jogadores até a décima rodada. É um problema por um lado e uma coisa boa por outra porque o grupo se fortaleceu bastante. O pior é que agora começam dois jogos por semana e teremos poucos treinos. Será mais conversa e descanso.”

Ao final da partida, a torcida do Palmeiras apoiou o time, às vésperas do clássico. “A nossa torcida nos aplaudiu pela iniciativa que tivemos. É uma pena que pecamos nas finalizações e o goleiro deles estava em uma noite muito boa”, lamentou o lateral esquerdo João Paulo.

Para o clássico contra o Corinthians, neste domingo, Oswaldo de Oliveira avisou que não deve fazer grandes mudanças na partida. “Provavelmente, eu não vou estrear ninguém. É necessário que a gente use os jogadores, que eles se adaptem e busquem o entrosamento.” A única mudança deve ser a entrada de Zé Roberto na lateral esquerda no lugar de João Paulo.

Teste de iluminação do Estádio Allianz Parque do Palmeiras, na Barra Funda, zona oeste de São Paulo (SP), nesta terça-feira (18)

Teste de iluminação do Estádio Allianz Parque do Palmeiras, na Barra Funda, zona oeste de São Paulo (SP), nesta terça-feira (18) (VEJA)

Torcidas – O Corinthians anunciou que entrará na Justiça contra a decisão da Federação Paulista de Futebol (FPF) de realizar a partida de domingo com torcida única do Palmeiras. Após uma reunião entre os diretores e o departamento jurídico do clube na noite desta quinta-feira,no Parque São Jorge, a diretoria decidiu brigar pelo direito de seus torcedores comparecerem à arena do Palmeiras.

A diretoria ficou irritada com o fato de a Federação Paulista ter acatado a recomendação do Ministério Público, endossada pela Polícia Militar, de venda de ingressos apenas para a torcida palmeirense para o clássico. Os advogados do Corinthians argumentam que não há instrumento jurídico que proíba a presença dos corintianos; apenas a recomendação do Ministério Público.

“Se o Poder Público não consegue conter e combater os torcedores violentos – estes sim os que deveriam ser afastados dos estádios – não é determinando a realização de partidas com torcida única que o problema será resolvido.”, afirmou o time em comunicado.

No primeiro clássico no Itaquerão, válido pelo Brasileirão do ano passado, foi organizado um esquema policial especial para que a torcida do Palmeiras pudesse ir ao jogo. A posição da Federação Paulista sobre o clássico deste domingo deve ser anunciada até o fim desta tarde.

(Com Estadão Conteúdo e Gazeta Press)