Palmeiras libera ídolo Barcos para negociar com o Grêmio

Argentino pode jogar Libertadores no clube gaúcho, dizem cartola e técnico

“O Barcos ouviu a proposta e falou que gostou, mas ainda não temos nada definido. Estamos conversando”, disse Brunoro

A crise no Palmeiras é tão grave que o clube corre o risco real de perder seu principal jogador na atualidade – e maior ídolo da torcida – para um concorrente direto na disputa do principal título da temporada, a Copa Libertadores. Pouco antes da apresentação oficial do meia Ronny e do atacante Kleber como novos reforços do clube para 2013, na manhã desta sexta-feira, o diretor executivo do Palmeiras, José Carlos Brunoro, confirmou que a equipe paulista recebeu uma proposta oficial do Grêmio por Hernán Barcos e já liberou o atacante para negociar com os gaúchos. Brunoro também revelou que a oferta gremista agradou ao argentino, que pode estar prestes a deixar o Palestra Itália apenas um dia depois de surgir a notícia de que o Palmeiras ainda deve para a LDU, do Equador, uma parcela da contratação do atacante.

Leia também:

Paulo Nobre sucede Tirone na presidência do Palmeiras

Arena Palmeiras: o estádio que ajudará a reconstruir o time

Passados dez anos, Palmeiras não aprendeu com a queda

“O Grêmio fez proposta oficial pelo Barcos, autorizamos o Grêmio a conversar com o jogador. O Barcos ouviu a proposta e falou que gostou, mas ainda não temos nada definido. Estamos conversando”, revelou Brunoro, que \ acrescentou: “Temos um acordo segundo o qual qualquer jogador que receber proposta estará livre para ouvir”. Depois do surpreendente anúncio feito pelo dirigente, o técnico Gilson Kleina confirmou, em entrevista à TV Bandeirantes, que já tinha conhecimento da proposta do Grêmio antes mesmo do jogo contra o Atlético Sorocaba (o Palmeiras venceu por 2 a 0 no Pacaembu). “Tenho certeza que essa situação vai ser administrada da melhor forma possível. não podemos antecipar nada, mas é concreto que o Grêmio tem interesse no Barcos”. Depois do jogo de quinta, Barcos se mostrou irritado ao ter de comentar a dívida do Palmeiras com a LDU.

Acompanhe VEJA Esporte no Facebook

Siga VEJA Esporte no Twitter

(Com Estadão Conteúdo)