Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Palmeiras contrata Love. Na Europa, negócios de última hora

Negócios de última hora movimentam os últimos dias do prazo para as negociações de jogadores no futebol europeu. Os clubes do continente, os mais ricos e poderosos do planeta, têm até o dia 31 de agosto para as contratações. O prazo também é acompanhado de perto pelos times brasileiros, que sofrem com a concorrência das equipes mais ricas e tentam segurar seus jogadores até o fim do campeonato nacional. A seguir, as transferências anunciadas nesta sexta:

• Depois de uma longa negociação, o Palmeiras confirmou nesta sexta-feira a contratação do atacante Vágner Love. Emprestado por um ano pelo CSKA Moscou, ele volta ao clube que o revelou. Vágner Love já fez sucesso com a camisa palmeirense, principalmente na conquista do título da Série B do Brasileiro em 2003. Depois disso, ele foi vendido ao CSKA Moscou, onde está desde então. Agora, volta ao Palmeiras.

O Bayern de Munique anunciou nesta sexta-feira a contratação do atacante Arjen Robben, que estava no Real Madrid. O jogador holandês, que tem 25 anos, assinou contrato por quatro temporadas com o novo clube após a realização de exames médicos. As duas equipes não revelaram o valor da transação, mas acredita-se que girou em torno de 25 milhões de euros (aproximadamente R$ 67 milhões).

O Real Madrid anunciou nesta sexta-feira a venda do meio-campista holandês Wesley Sneijder para a Inter de Milão. O valor da negociação não foi revelado, mas a imprensa espanhola afirma que o time italiano vai desembolsar 15 milhões de euros (aproximadamente 40 milhões). O meio-campista, de 25 anos, chegou ao Real Madrid em 2007, depois de iniciar a sua carreira no Ajax. O jogador estava fora dos planos do técnico Manuel Pellegrini.

A diretoria do Cruzeiro confirmou, na noite de quinta-feira, a contratação do zagueiro Cláudio Caçapa, que defendeu o Newcastle na última temporada europeia. Sem contrato com o clube inglês, o jogador chega ao time mineiro gratuitamente. Ele assinou contrato até 31 de dezembro, que pode ser prorrogado por um ano. Caçapa iniciou a sua carreira no rival Atlético-MG, onde conquistou dois títulos estaduais e uma Copa Conmebol, entre 1997 e 2001.

(Com Agência Estado)