Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

No adeus de John Terry, Chelsea goleia e levanta a taça do Inglês

Campeão por antecipação, os Blues ergueram o troféu do campeonato nacional diante de sua torcida. No sábado, o Bayern também fez festa na Alemanha

Campeão por antecipação desde a semana passada, o Chelsea levantou o título do Campeonato Inglês neste domingo diante da torcida que lotou o seu estádio, Stamford Bridge, após golear o já rebaixado Sunderland por 5 a 1. O time do técnico Antonio Conte não teve dificuldades para superar o frágil adversário, em dia de festa também para o zagueiro John Terry, que está deixando o clube após quase 20 anos.

O capitão, jogador mais vencedor da história dos Blues, foi substituído aos 26 minutos do segundo tempo, o mesmo número de sua camisa. Terry foi muito aplaudido pelos torcedores e também se despediu dos companheiros de time em campo. Apesar do clima festivo, o Chelsea começou o jogo levando um susto. Javier Manquillo abriu o placar aos 3 minutos do primeiro tempo. Willian empatou cinco depois, aos 8, mas a virada só veio no segundo tempo, com gols de Eden Hazard, Pedro e Michy Batshuayi, que balançou as redes em duas oportunidades.

Foi a 30ª vitória do Chelsea nas 38 rodadas do torneio, um recorde do Inglês. Após o jogo, os jogadores receberam as medalhas de campeão, e Terry e Cahill levantaram juntos a taça do Inglês. Depois da tradicional volta olímpica, o zagueiro que se despede do clube ainda fez um breve discurso para a torcida. “É um dos dias mais difíceis da minha vida. Tive a sorte de jogador com jogadores e treinadores incríveis durante toda minha carreira. Tenho que agradecer a todos e a cada um deles”, afirmou.

Frank Ribery levanta o troféu após Bayern de Munique vencer partida contra o SC Freiburg, garantindo o Campeonato Alemão

O francês Ribéry levanta o troféu do Campeonato Alemão para o Bayern de Munique (Michaela Rehle/Reuters)

Bayern de Munique também levanta a taça – Com o título também já garantido, o torcedor do Bayern de Munique compareceu em peso à Allianz Arena neste sábado para a última rodada do Campeonato Alemão, contra o Freiburg. Mais do que a comemoração da conquista, a presença maciça era fruto da despedida de dois grandes nomes do futebol nos últimos tempos: Philipp Lahm e Xabi Alonso. Em campo, o Bayern não decepcionou e goleou por 4 a 1 para encerrar com Chace de ouro sua trajetória.

A festa tomou conta do gramado e das arquibancadas antes mesmo do apito inicial. Xabi Alonso era bastante festejado, mas o carinho por Lahm era claramente especial. O jogador recebeu faixas, foi lembrado em cartazes e mosaicos pela torcida e estava emocionado já no alinhamento das equipes.

Afinal, o lateral passou praticamente toda sua carreira de 15 anos vestindo a camisa do Bayern, com exceção de um breve período emprestado ao Stuttgart, e se consolidou como capitão da equipe. Xabi Alonso, por sua vez, chegou somente em 2014, já em estágio final de sua trajetória, mas também viveu bons momentos por lá.

A campanha do Bayern foi encerrada com 82 pontos, 15 de vantagem para o vice-campeão RB Leipzig, que não passou de um empate por 2 a 2 com o Eintracht Frankfurt neste sábado. Já o Freiburg ficou na sétima posição, com 48 pontos, e vai à fase preliminar da Liga Europa em 2017/2018.