Neymar rouba a cena durante sessão solene pelo centenário do Santos

Brasília, 10 abr (EFE).- O atacante Neymar, do Santos, foi a grande atração da homenagem que o Santos recebeu no Congresso Nacional, nesta terça-feira, como parte das comemorações do centenário do clube paulista.

Atualmente, o grande nome do futebol brasileiro, o jovem santista ofuscou o evento, passando quase toda a sessão distribuindo autógrafos e tirando fotos com parlamentares.

A sessão, que seria solene, perdeu todo o protocolo quando próprio presidente da Câmara, Marco Maia, resolveu pedir para trocar ‘alguns passes’ de cabeça com Neymar, no plenário cheio de deputados, funcionários do Congresso e torcedores do Santos.

Durante os discursos dos parlamentares, que não se cansaram de saudar os feitos do clube que revelou Pelé para o mundo, foi grande a disputa por autógrafos de Neymar – que ficou sentado na cadeira da presidência da Câmara – ou de um de seus companheiros.

Os seguranças da casa tiveram que montar um cordão de isolamento para impedir o tumulto em torno dos atletas. Além de Neymar, participaram da solenidade, Paulo Henrique Ganso, Rafael, Edu Dracena, Arouca, além do presidente do Clube, Luis Álvaro Ribeiro.

O grande ausente acabou sendo Pelé, entretanto, outros ex-jogadores foram representados, por um dos maiores parceiros do ‘Rei do Futebol’, Pepe.

‘Esta homenagem é comovente e reconhece os esforços do Santos para manter a Neymar no clube. Não somos mais exportadores de matéria-prima, mas mantemos nossos astros no país’, afirmou o presidente do Santos. A sessão durou pouco mais de uma hora e o hino do clube foi executado várias vezes. EFE