Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Neymar evita polêmica com técnico do Bolívar que disse o desconhecer

A bola rola para Bolívar (Bolívia) e Santos na noite desta quarta-feira, em La Paz, pelas oitavas de final da Copa Libertadores da América. Mas o clima que antecede a partida teve a sua temperatura aumentada pelas declarações do técnico de La Academia, Ángel Guillermo Hoyos, que provocou o atacante Neymar ao dizer que não conhecia o seu futebol.

‘Não sei nem quem é’, disse Hoyos, após a derrota do Bolívar para o Real Potosí, no último domingo, pelo Torneio Clausura da Bolívia.

Ex-comandante do Barcelona B (Espanha), de 2001 até 2006, o treinador argentino dirigiu Lionel Messi quando o meia estava prestes a ser lançado ao elenco principal do time catalão.

Depois, em tom mais ameno, Ángel Guillermo Hoyos tentou minimizar as suas afirmações. ‘Neymar é uma figura mundial, uma grande estrela, mas para os jogadores é um rival do futebol. Não pensamos nele ou em Ganso, e sim na responsabilidade de representar a Bolívia da melhor maneira possível’, destacou.

No Brasil, a provocação de Hoyos chegou até Neymar, durante o embarque santista para a Bolívia, nesta terça-feira, no CT Rei Pelé. Porém, a Joia evitou polemizar e respondeu de maneira política. ‘É até bom ele não me conhecer, pode ser bom para o meu jogo. Mas eu não estou preocupado com isso. Não tenho nada para dizer a ele. Estou preocupado somente em ajudar o Santos a vencer’, ponderou o craque do Peixe.

Entretanto, se Neymar foi calmo em suas declarações, o veterano lateral esquerdo Léo tomou as dores do seu companheiro de equipe e devolveu a provocação do técnico do Bolívar. ‘Meu Deus, acho que o futebol não vai mudar nunca mesmo! Se ele disse isso do Neymar, não tem problemas. A gente também não sabe quem ele é’, disparou.