Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Neymar elogia marcação do Vélez e lembra: ‘Às vezes não vamos bem’

Nem Neymar nem o Santos tiveram uma grande noite nesta quinta-feira, no estádio José Amalfitani. Bem marcado, o grande astro não conseguiu ajudar o time da Vila na partida diante do Vélez Sarsfield e acabou vendo os argentinos saírem com a vitória por 1 a 0 no jogo de ida das quartas de final da Copa Libertadores da América.

O camisa 11, que vinha de seis gols nos últimos três jogos e assumiu o posto de maior artilheiro do clube depois da Era Pelé, justificou o desempenho abaixo do esperado com muita calma. ‘Às vezes a gente não consegue jogar bem’, resumiu na saída de campo.

Para o jogador, a marcação foi o grande trunfo dos donos da casa, que não precisaram apelar para violência. ‘Foi normal, o time deles ocupou os espaços e conseguiu dificultar bastante para a gente’, disse, agradecendo ainda os elogios do técnico rival, Ricardo Gareca. ‘Fico muito feliz que ele pense assim.’

O meia Paulo Henrique Ganso, outro que este apagado durante os 90 minutos, também elogiou a postura do adversário. ‘O Vélez soube marcar muito bem a gente, não deu espaços e conseguiu a vitória’, explicou.

O Peixe agora precisa de uma vitória por dois gols ou mais para não necessitar da decisão por pênaltis na partida de volta, na próxima quinta-feira, em partida na Vila Belmiro, às 20h (de Brasília).