Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Neymar critica cúpula do Santos: ‘Hoje eu entendo o Ganso’

Após acusações de cartola santista, jogador defende postura do pai durante negociações da sua transferência: 'Se ele ganhou milhões, qual o problema?'

Neymar saiu em defesa do pai na noite desta quarta-feira e atacou a diretoria do Santos em uma mensagem publicada no Instagram. No texto, o atacante do Barcelona diz que agora “entende” a atitude de Ganso, que trocou a Vila Belmiro pelo Morumbi em 2012 após um longo atrito com a cúpula santista. A indignação do craque foi motivada por declarações de Luís Álvaro de Oliveira, presidente licenciado do clube paulista, que acusou o pai e empresário do atleta de falta de caráter nas negociações que levaram Neymar para a equipe espanhola.

Leia também:

Vem aí outro Santos x Barcelona – desta vez nos tribunais

A volta de Neymar. Para espantar o azar no ano da Copa

Procuradoria espanhola pede indiciamento do Barcelona

Fifa se nega a dar dados de Neymar à Justiça espanhola

“Hoje eu entendo o meu irmão Paulo Henrique Ganso não ter ficado no Santos. Não foi porque ele não gostava mais do clube e nem queria jogar no Santos, foi sim por causa da diretoria! Sempre respeitei todos eles e fui muito profissional. Estou totalmente decepcionado com o ex-presidente Laor e o atual Odílio”, declarou o atacante.

Valores – Em entrevista para o canal SporTV, Luís Álvaro afirmou que o pai de Neymar mostrou falta de caráter por ter sempre negado ter recebido dinheiro adiantado do Barcelona pela prioridade na transferência do atleta. Documentos revelados pela Justiça espanhola mostraram que o Santos recebeu 17,1 milhões de euros pela transferência do jogador, enquanto a empresa N&N Sports, criada pelo pai do atacante, ficou com 40 milhões de euros – 10 milhões deles como adiantamento ainda em 2011. Suspeitas em torno das cifras provocaram a queda do presidente do Bacelona, Sandro Rosell. Nas redes sociais, Neymar defendeu a postura do pai nas negociações. “Se ele (Luís Álvaro) pensou que meu pai era burro, se enganou muito. Sou fã do meu pai e continuo sendo por ele ter me colocado onde estou. E se ele ganhou milhões, qual o problema?”

Ao tomar conhecimento das declarações de Neymar, Luís Álvaro demonstrou decepção, mas evitou criticar o atacante. “Neymar é um garoto e tem ligação muito grande com o pai. Tratei Neymar como se fosse meu filho e o convenci a continuar no Santos, desistindo de propostas milionárias do exterior. Não tenho mais nada a falar sobre isso. Deixamos a Justiça tratar do assunto”, disse o cartola para o jornal O Estado de S. Paulo.

(Com agências Gazeta Press e Estadão Conteúdo)