NBA: Warriors decidem não visitar Trump após título

Em decisão unânime, jogadores e técnico optaram por não ir à Casa Branca

Depois de vencer o Cleveland Cavaliers por 129 a 120 e garantir o título da NBA pela quinta vez, o Golden State Warriors deve faltar a um evento importante do calendário dos campeões: a visita ao presidente americano Donald Trump. A informação foi publicada por Josh Brown, do The Half Time Report, programa da rede americana CNBC.

Segundo Brown, a decisão de não ir à Casa Branca foi unânime. Quando venceu a competição em 2015, a equipe foi visitar o então presidente Barack Obama. No último ano, os campeões Cavaliers também foram a Washington, D.C.

Em fevereiro deste ano, o armador do Warriors, Stephen Curry, chegou a se desentender com a Under Armour, uma de suas patrocinadoras, depois de criticar Trump. O técnico do Golden State Warriors, Steve Kerr, é uma das personalidades do esporte mais críticas em relação a Trump.

“Era apenas uma questão de tempo antes de se espalhar para a política. De repente nos deparamos com a realidade, o homem que vai liderar-nos rotineiramente usa palavras racistas, misóginas e insultantes. Isso é difícil”, disse Kerr em novembro do ano passado, após a vitória de Trump.

“Você entra em uma sala com sua esposa e filha, que foram insultadas pelos comentários e estão perturbados. Você entra no vestiário e vê os rostos de seus jogadores, a maioria deles insultados diretamente como minorias. É realmente chocante”, disse, na ocasião.

A baixa aceitação do presidente no esporte refletiu também no futebol americano. No começo de 2016, alguns vencedores do Super Bowl, membros do New England Patriots, negaram a visita à Capital. Até agora, ninguém do Golden State se posicionou sobre o caso.

(Com Gazeta Press)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Almir Delmondes

    TRUMPALHÃO

    Curtir

  2. Luciano Peixoto Rodrigues

    Snowflakes big weepers hahaha. Sour loosers.

    Curtir

  3. Irrelevantes. Campeões da NBA, mas irrelevantes.

    Curtir

  4. José Carlos Lopes de Oliveira

    Com o Temer, nem os cachorrinhos do canil mais pulguento querem encontrar.

    Curtir

  5. Cesar8002UTB

    Esquerdopatas de m3rd4…

    Curtir

  6. Ailton Silva

    Democratas Intolerantes !!!!!

    Curtir

  7. Ótimo, assim o Trump não vai perder tempo com esses democratas tatuados

    Curtir