NBA e jogadores voltarão a se reunir neste sábado

Redação Central, 3 nov (EFE).- O comitê executivo do sindicato de jogadores realizou nesta quinta-feira, em Nova York, uma reunião na qual decidirão o próximo passo a dar nas negociações com os donos das equipes da NBA, já que as partes devem voltar a conversar no próximo sábado.

Embora oficialmente nenhum dos lados do impasse tenha anunciado o encontro, fontes ligadas às negociações confirmaram que uma nova tentativa de se chegar a um acordo já está acertada. Será a última antes que o comissário da NBA, David Stern, anuncie o cancelamento de mais jogos.

A reunião do fim de semana ocorrerá oito dias depois da última, que terminou de forma complicada porque o diretor-executivo do sindicato, Billy Hunter, se levantou da mesa e abandonou a sala ao escutar de novo a oferta dos donos de 50% a 50% na repartição das receitas.

Com 126 dias do locaute e o cancelamento oficial de todos os jogos mês de novembro da temporada regular, o que, de acordo com Stern, impede que o calendário completo possa ser disputado se não houver um acordo nos próximos dias.

Na última semana, as partes tiveram avanços importantes em assuntos relacionados com a estrutura do teto salarial, taxa de luxo e a exceção de nível médio, como a cláusula ‘Larry Bird’.

No entanto, o grande obstáculo continua sendo a divisão de ingressos que os donos consideram fundamental para estabelecer um novo modelo econômico dentro da NBA.

O ala-pivô Glen ‘Big Baby’ Davis, do Boston Celtics, ofereceu a opção para que os jogadores aceitem 51% e permitam que a competição possa começar. EFE