NBA: Abatidos, LeBron e Kyrie exaltam força do Golden State

Juntos, astros do Cleveland marcaram 77 pontos, mas não conseguiram superar o time de Kevin Durant. "Nota 10 não é suficiente contra eles", disse LeBron

LeBron James e Kyrie Irving tiveram ótimas atuações na noite desta quarta-feira, mas não conseguiram evitar mais uma derrota do Cleveland Cavaliers nas finais da NBA. Mesmo jogando fora de casa, o Golden State Warriors virou a partida nos minutos finais, venceu por 118 a 113 e abriu 3 a 0 na decisão, ficando a apenas uma vitória do título. Mais uma vez, Kevin Durant fator de desequilíbrio na terceira final consecutiva entre os times. Após a partida, os astros do Cleveland não esconderam o abatimento pela derrota.

“Dei tudo o que tinha”, afirmou LeBron, que somou números incríveis no jogo: 39 pontos, 11 rebotes e nove assistências. “Claro que achávamos que íamos ganhar e tivemos chances, mas eles aproveitaram melhor (…) O Golden State é o time com mais poder e fogo que já enfrentei na carreira. Não adianta jogar bem, nota 10 não é suficiente contra eles, temos de fazer mais que isso. Fizemos o suficiente para ganhar o jogo, mas eles fizeram mais.”

Em busca de seu primeiro título, Kevin Durant, principal reforço do Golden State na temporada, marcou 31 pontos, sete deles nos últimos segundos de jogo e foi mais uma vez o destaque das finais, deixando até mesmo Stephen Curry, 26 pontos, como coadjuvante.

Kyrie Irving, que marcou 38 pontos, admitiu sua frustração após a partida. “É difícil, definitivamente, machuca. Fizemos coisas incríveis hoje, mas os jogadores deles fizeram mais. KD (Kevin Durant) fez uma cesta de três que foi um balde de água fria para nós. Provavelmente vou rever essa jogada por um bom tempo.”

Apesar dos elogios, Durant tentou manter os pés no chão. “Nunca estive nesta situação. Não quero relaxar, porque ainda não acabou. Esse jogo é maluco e tudo pode acontecer.” No ano passado, o Cleveland conseguiu uma virada incrível: perdia a série por 3 a 1, mas venceu as três últimas partidas e faturou o título pela primeira vez. Este ano, porém, a missão parece ainda mais complicada, pois o Golden State não perdeu nenhuma partida nos playoffs, um feito inédito na NBA.