Para promover luta, McGregor discute até com pai de Mayweather

Mayweather Sr. invadiu coletiva do irlandês para provocá-lo e foi rebatido com ironias

A luta entre Conor McGregor e Floyd Mayweather acontecerá apenas no dia 26 de agosto, na T-Mobile Arena, em Las Vegas, mas o primeiro encontro entre os dois lutadores já foi repleto de provocações e promessas de nocaute. Na noite desta terça-feira, a dupla se encontrou em Los Angeles, no Staples Center, e o irlandês prometeu que irá finalizar o adversário.

“Não passa de quatro rounds. Não sinto ele, não sinto que ele está nessa luta. Isso não é uma luta justa. Sou abençoado, essa é uma coletiva de imprensa totalmente diferente. Não ligo para o tamanho das luvas”, afirmou McGregor.

A luta vem sendo tratada pela mídia americana como (mais uma)  “Luta do Século”, e promete movimentar milhões de dólares. Conhecido pelas grandes quantias que ostenta, Mayweather, aproveitou a coletiva para provocar o irlandês. “Este otário ganhou 3 milhões de dólares em sua última luta. Isso é dinheiro de treino para mim. Vou mostrar do que um lutador de verdade é feito”, revidou o boxeador.

Durante a entrevista de McGregor, uma das surpresas foi a ‘invasão’ de Floyd Mayweather Sr, pai do boxeador. Próximo ao local onde estava o lutador de MMA, o treinador do americano repetiu diversas vezes que o filho “irá chutar o traseiro” de McGregor, entre outras provocações. Tranquilo e entre risadas, o irlandês apenas ironizou. “Você é meu fã, consigo ver nos seus olhos”, disse. Há três meses, McGregor usou uma foto do pai de Mayweather para provocar o adversário.

Um dos momentos mais esperados do encontro foi a tradicional encarada entre os lutadores. O lutador do UFC se mostrou inquieto e não parou de gesticular e provocar o adversário. Enquanto isso, Mayweather manteve o semblante sereno. Presidente do UFC, Dana White foi o mediador e teve que segurar McGregor antes que a discussão avançasse.

(Com Gazeta Press)