Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Na ginástica masculina Brasil não consegue vaga por equipes

A equipe brasileira masculina de ginástica não conseguiu garantir a vaga para os Jogos Olímpicos de Londres-2012. No Pré-Olímpico disputado nesta terça-feira, na North Greenwich Arena, em Londres, o time do Brasil ficou somente com a sexta colocação e, desta forma, o país será representado somente por atletas individuais. Itália, França, Espanha e Grã-Bretanha ficaram com as últimas quatro vagas disponíveis para as Olimpíadas.

Se há algo que merece ser destacado é que, mesmo sem obter a classificação por equipes, o Brasil terá, na capital inglesa, sua melhor participação na ginástica masculina. Diego Hipólito, no solo, e Arthur Zanetti, nas argolas, já estão com o passaporte crimbado para desembarcar em Londres, pois ambos são medalhistas mundiais. Ainda existe uma chance de a Federação Internacional de Ginástica disponibilizar uma terceira vaga, a ser definida ainda nesta terça, para a Confederação Brasileira de Ginástica (CBG). O favorito para a vaga de titular é Sérgio Sasaki.

Apesar de não ter contado com Diego Hipólito, lesionado, no Pré-Olímpico, o que prejudicou bastante a equipe do Brasil foi o desempenho abaixo do esperado no cavalo com alças e nas barras paralelas, garantindo somente a sexta posição nas duas modalidades. Arthur Zanetti lamentou a perda da vaga, mas frisou que não faltou empenho dos ginastas.

‘Infelizmente, a vaga olímpica vai ficar para próxima. Não faltou nada. Todo mundo deu seu máximo, cada um fez sua parte. Erros aconteceram, lógico, mas isso faz parte da competição’, ressaltou o medalhista mundial.

A competição de ginástica nos Jogos Olímpicos de Londres acontece na própria North Greenwich Village, entre os dias 30 de julho e 7 de agosto.