Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Mundial de Kazan: Etiene Medeiros conquista prata histórica nos 50m costas

Atleta pernambucana se tornou a primeira nadadora do país a subir no pódio em um Mundial de piscina longa.

A nadadora Etiene Medeiros cravou seu nome na história do esporte brasileiro nesta quinta-feira. A pernambucana de 24 conquistou a medalha de prata na prova dos 50 metros costas do Mundial de Desportos Aquáticos de Kazan, na Rússia, e se tornou a primeira brasileira a subir ao pódio em um Mundial de piscina longa (de 50 metros).

Etiene já havia se consagrado no Mundial de piscina curta (25 metros) de Doha, no Catar, no fim do ano passado, com a conquista da medalha de ouro na mesma prova. Nos Jogos Pan-Americanos de Toronto, no mês passado, ela repetiu o primeiro lugar, sempre na prova dos 50 metros costas, desta vez em piscina longa.

Etiene Medeiros, focada na Rio-2016: ‘Acredito cada vez mais’

Na final desta quinta, Etiene ainda bateu o recorde sul-americano, com 27s26, mas a marca não foi suficiente para superar a chinesa Yuanhui Fu, que ganhou com 27s11. A brasileira comemorou ter baixado seu tempo pela terceira vez na competição e se aproximado inclusive do recorde mundial, que é 27s06.

O 50m costas, entretanto, não é uma prova olímpica. Na distância de 100 metros neste estilo, Etiene não conseguiu avançar à final. Ficou em nono nas eliminatórias. Ela ainda participa da prova de 50m livre e do revezamento 4x100m medley em Kazan, na sexta e no sábado.

Leia também:

‘Posso voltar melhor que antes’, confia Cielo sobre Rio-2016

Mundial de Kazan: Thiago Pereira conquista a prata nos 200m medley

Felipe França perde bronze por um centésimo

O Brasil por enquanto tem três medalhas nas provas de natação do Mundial de Kazan, todas de prata. Duas delas foram conquistadas em provas não-olímpicas, com Etiene e Nicholas Santos (50m borboleta).

Até aqui, o Brasil só fez quatro finais nas distâncias olímpicas. Thiago Pereira foi prata nos 200m medley, prova em que Henrique Rodrigues foi sétimo. Marcelo Chierighini ficou em quinto nos 100m livre, enquanto o revezamento 4x100m livre masculino terminou em quarto.

(com Estadão Conteúdo)