Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Mourinho promete Real ‘sem brincadeiras’ contra o CSKA

Por AE

Moscou – Embora o Real Madrid inicie as oitavas de final da Liga dos Campeões defendendo o favoritismo de uma equipe que realiza uma bela temporada e possui uma série de estrelas de primeira grandeza do futebol mundial, o técnico José Mourinho pregou seriedade de seus comandados nesta segunda-feira, antes do confronto desta terça, diante do CSKA, em Moscou, às 14h45 (horário de Brasília).

“O CSKA é um time que passou muitos jogando junto e isso o torna muito perigoso. É um adversário que temos de respeitar. Não vamos brincar com o CSKA, vamos ir com tudo para essa partida”, prometeu o comandante, em entrevista coletiva, ao comentar o confronto de ida do mata-mata com a equipe russa.

Mourinho ainda admitiu que o Real terá de superar as dificuldades impostas pelo frio de mais de dez graus Celsius negativos que atinge Moscou, fato que será um obstáculo extra para os jogadores do time espanhol. “Temos que ser mais fortes que as condições diferentes tanto do gramado como da temperatura. São condições novas para nós, mas a cabeça, a mentalidade e a ambição são mais fortes que todos estes fatores”, opinou.

Nem o fato de o time russo ter perdido o atacante Vágner Love, recém-contratado pelo Flamengo, faz Mourinho se iludir com o favoritismo do Real no confronto, lembrando que já encarou o rival em outras oportunidades como técnico da Inter de Milão e do Chelsea. “O CSKA não mudou muito. Antes de jogar com a Inter já joguei com o Chelsea e o time (russo) é parecido. Isso é uma vantagem para um conjunto que joga junto há muito tempo. Eles perderam o Vágner, mas têm Doumbia e Musa. É um time poderoso economicamente e um adversário forte que temos de respeitar”, repetiu.