Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Mourinho, o mais novo acusado de fraude fiscal na Espanha

Treinador português do Manchester United é suspeito de ter sonegado 3,3 milhões de euros no período em que treinou o Real Madrid

O técnico José Mourinho, do Manchester United, também terá de enfrentar os tribunais espanhóis por suspeita de fraude fiscal. Nesta terça-feira, a Procuradoria de Madri apresentou uma denúncia contra o técnico português, acusado de sonegar 3,3 milhões de euros (12,4 milhões de reais).

A fraude teria sido cometida durante os anos fiscais de 2011 e 2012, período em Mourinho treinava o Real Madrid. Segundo informações do diário Marca, a Justiça espanhola alega que o treinador português utilizou empresas nas Ilhas Virgens Britânicas, na Irlanda e na Nova Zelândia para ocultar seus rendimentos de direito de imagem.

Antes de Mourinho, grandes personalidades do futebol, como Neymar, Lionel Messi e Cristiano Ronaldo foram acusados de fraudes semelhantes.