Morre nos EUA a primeira campeã olímpica negra

Alice Coachman Davis ganhou medalha de ouro no salto em altura em 1948

A americana Alice Coachman Davis, primeira mulher negra a ganhar um ouro olímpico, morreu na manhã desta segunda-feira em sua cidade natal, Albany, no estado da Georgia, aos 90 anos. O maior feito de sua carreira aconteceu em 7 de agosto de 1948, quando venceu a disputa do salto em altura dos Jogos Olímpicos de Londres. A causa da morte da ex-atleta não foi divulgada.

Alice conquistou 34 títulos nacionais na carreira. Por causa da Segunda Guerra Mundial, os Jogos Olímpicos não foram realizados em 1940 e 1944, edições que poderiam ter visto Alice no auge. Em 1948, aos 24 anos, ela disputou sua primeira e única Olimpíada e venceu com a marca de 1,68m, recorde da competição. No ano seguinte, anunciou sua aposentadoria das pistas.

Em 1952, Alice assinou um contrato de patrocínio com a Coca-Cola, o primeiro de uma mulher negra. Em sua carreira fora das pistas, ela criou uma fundação para ajudar jovens atletas. Nos Jogos Olímpicos de 1996, que foram disputados em Atlanta e celebraram os 100 anos do olimpismo moderno, Alice foi nomeada como uma das 100 maiores figuras olímpicas da história. Seu nome faz parte do Hall da Fama do atletismo americano desde 1975.

(Com Estadão Conteúdo)