Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

“Mesmo sendo o Brasil, estou otimista”, diz técnico de Honduras

Se depender de Luis Fernando Suárez, técnico da seleção hondurenha, o próximo adversário do Brasil tem tudo para, no mínimo, atuar no mesmo nível de Neymar, Oscar e companhia. Foi o que garantiu o treinador em entrevista à edição desta quinta do jornal hondurenho Diez.

‘Acreditem em mim: Honduras quer mais. Mesmo sendo o Brasil, estou otimista. Eles têm uma grande equipe, e serão 90 minutos intensos. Mas estou profundamente orgulhoso por estarmos cumprindo nosso compromisso com o povo hondurenho’, afirmou Suárez.

Para encarar o Brasil, a seleção de Honduras já está em Newcastle, onde será disputada a partida, válida pelas quartas de final dos Jogos Olímpicos. O confronto está marcado para as 13 horas (de Brasília) do próximo sábado.

Honduras se classificou para as quartas como segunda colocada do Grupo D, com cinco pontos, em chave que continha a Espanha, anteriormente apontada como uma das favoritas à medalha de ouro. A equipe latino-americana venceu a Furia por 1 a 0 na segunda rodada da primeira fase.

Vale lembrar que há 11 anos a Seleção Brasileira principal foi eliminada por Honduras na Copa América, justamente nas quartas de final, ao ser derrotada por 2 a 0. Na época, o Brasil era comandado por Luiz Felipe Scolari.