Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Mesmo com pole-position, Khodair não se vê como favorito em Curitiba

No treino classificatório para a etapa de Curitiba, quem ficou com a pole-position foi o Allam Khodair, da Vogel Motorsport, que cravou o tempo de 1min20s393. É a segunda vez no ano que o piloto paulista vai sair na frente de todos os demais competidores na temporada, já que ele já havia ficado com o melhor tempo no classificatório de Interlagos, em São Paulo.

Valedeno Brito, da A. Mattheis, sai na segunda colocação e Ricardo Maurício, da RC Competições, larga em terceiro no grid.

Apesar de, teoricamente, sair em vantagem, já que larga na frente no Autódromo de Curitiba Khodair não se considera favotiro para vencer a corrida, neste domingo, às 9h30. Isso porque, para Allam, começar a corrida com o campeão de 2008, Ricardo Maurício, logo atrás não é grande negócio. ‘A vantagem inicial é dele. Eu trocaria de lugar com ele, sem dúvida’, afirmou.

Oito pilotos economizaram no uso do botão de ultrapassagem, que proporciona uma potência extra aos carros na corrida. Cada piloto tem direito a acioná-lo 12 vezes mas, se usado no treino classificatório, o número de vezes que ele pode ser acionado na prova cai pela metade. Khodair acabou usando o botão neste sábado, mas preferia não ter feito.

‘Me arrependi na primeira parte do qualifying, porque percebi que poderia chegar à segunda sem o recurso’, contou.

O tetracampeão e atual líder do campeonato Cacá Bueno, da Red Bull, foi eliminado logo no Q1, fato raro de se acontecer. ‘Nem me lembro mais da última vez que isso aconteceu, mas faz mais de um ano’, frisou Cacá, que vai largar somente na 13posição.

Marcos Gomes, da Medley/Full Time, se mostrou insatisfeito por ter perdido a chance de brigar pelas primeiras posições e aproveitou para criticar o regulamento da Stock Car.

‘Esse sistema de classificação precisa ser revisto, porque vira uma tremenda confusão quando todos os carros entram na pista nos últimos minutos’, disse Gomes. ‘Fui prejudicado pelo tráfego e fiquei no prejuízo. Cheguei a sacrificar algumas tentativas de abertura de volta para não atrapalhar os outros, mas nem todos agem assim. Do jeito que está, você atrapalha ou é atrapalhado. A divisão em grupos ou a tomada individual resolveria esse problema’. Apesar da irritação e mesmo largando em 11 , o piloto ressaltou que vai tentar forçar e ir para a frente.

Thiago Camilo e Daniel Serra também vão largar no top-10. Denis Navarro, companheiro de equipe de Khodair, saíra em quinto lugar, na melhor posição de largada conquistada em sua carreira.