Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Médico do Cruzeiro nega sacrifício e se isenta de lesões de Fabrício

O médico do Cruzeiro, Sérgio Freire Júnior, fez questão de esclarecer a situação do volante Fabrício, que pertencia ao clube celeste e foi negociado com o São Paulo no começo da temporada, mas vem sofrendo com várias lesões. No último sábado, o medico do Tricolor, José Sanchez, disse que o jogador atuou no sacrifício pelo Cruzeiro.

‘Queríamos deixar bem claro que enviamos o histórico do atleta para o São Paulo e não tinha nenhum quadro que o impedisse de atuar e consideramos que ele vinha tendo totais condições de desempenhar o futebol’, disse Sérgio Freire Júnior, que elogiou a postura de Fabrício, que segundo ele, demonstrou muito interesse e dedicação pelo tratamento no período em que esteve no Cruzeiro.

‘Temos a obrigação de falar sobre o Fabrício, que é um atleta muito aplicado e intenso em tudo que faz. Não podemos ver as pessoas dizendo que colocamos o atleta em campo sem condições de atuar. Fizemos todo o trabalho, todo o processo com ele, com a consciência completamente limpa de que ele tinha condições de atuar, claro que com cuidados, como existe em várias circunstâncias do futebol profissional’, declarou.

Por fim, Sérgio Freire Júnior esclareceu que o Cruzeiro desenvolveu trabalhos específicos com Fabrício, a fim de preservar a condição física e prevenir outras lesões no jogador. ‘Na verdade não cabe bem, porque o atleta veio, em todo o final da temporada, dosando as atividades em treinos, devido ao histórico de lesões que ele tem, e por ter se submetido a uma cirurgia de púbis no começo do ano, o que envolve uma evolução sempre cuidadosa’, disse Sérgio Freire, que completou.

‘Ele se apresentou ao São Paulo e no decorrer dos dias, se queixou de uma dor no tornozelo esquerdo, na qual ele citou ter recebido um pisão no último jogo, contra o Atlético-MG, no Campeonato Brasileiro. Ele sequer nos relatou esse fato ao final da partida e saiu de férias. Com isso, ele demorou a iniciar atividades efetivas na pré-temporada. Depois disso, ele teve uma lesão na panturrilha direita, ou seja, do outro lado da queixa inicial, o que não tem relação com a outra lesão. Com isso, creio que desmistifica essa correlação’, finalizou.