Maserati Quattroporte: overdose de conforto e esportividade

Com novo motor V8 3.8 litros biturbo e 530 cv, modelo esbanja luxo

Enquanto isso, lá fora…

Na Itália, a partir de:

  1. • Quattroporte GTS: 149.960 euros. ou 445.230 reais

Leia também: Por que o carro é tão caro no Brasil?

Dentro da única concessionária oficial da Ferrari e da Maserati no Brasil, na Zona Sul de São Paulo, esportivos de ambas as marcas dividem espaço em um mesmo ambiente. Em frente à entrada principal da loja está um exemplar da nova geração do Quattroporte, a sexta, desde que o sedã surgiu, no início da década de 1960. O modelo top de linha da Maserati desembarcou recentemente no país na versão GTS, completa, e por nada menos que 950.000 reais. Mas não há como negar que estar ao lado de esportivos da Ferrari, como a FF e a recém-chegada F12berlinetta, ofuscam um pouco a beleza e a imponência do novo Quattroporte. Mas, em breve, cada marca terá sua própria loja, e a da Maserati está sendo erguida perto dali, na Avenida Europa. O site de VEJA avaliou a nova Quattroporte não em um autódromo ou em alguma rodovia de São Paulo, mas no trânsito travado das Marginais Tietê e Pinheiros. Pelo menos o conforto a bordo do carrão compensou parte da frustração por não ter acelerado forte – a velocidade máxima é de 307 km/h, segundo o fabricante.

Leia também:

Nova Maserati Quattroporte: luxo italiano por R$ 950.000

Ferrari reduz produção – para valorizar ainda mais a marca

Ferrari: não basta querer acelerar, é preciso domar o carro

Apesar de concorrentes, Ferrari e Maserati pertencem ao grupo Fiat e são representadas oficialmente em solo brasileiro pela distribuidora Via Italia. E mesmo diante do fascínio provocado pelas Ferrari, o Quattroporte pode ser a melhor escolha para quem busca esportividade aliada ao conforto. Prova disso é o novo motor V8 3.8 litros biturbo do sedã, que é produzido pela Ferrari em Maranello (Itália) e entrega 530 cv e 72,3 kgfm de torque entre 2.250 e 3.500 rpm. Este propulsor, disponível apenas na versão GTS, impulsiona o sedã de 5,26 metros de comprimento e quase duas toneladas de peso aos 100 km/h em apenas 4,7 segundos.

Leia também:

Relógio LaFerrari, mais exclusivo que o carro: R$ 600.000

A nova LaFerrari: torpedo de 963 cv no Salão de Genebra

Ferrari é a marca mais poderosa do mundo

Ferrari F12berlinetta chega ao Brasil. Por 3 milhões de reais

A opção de entrada do Quattroporte traz um V6 3.0 l, com 409 cv sob o capô, porém ela não deve ser vendida no Brasil, pelo menos por enquanto. Nos Estados Unidos, ele deve estrear no mês que vem custando a partir de 130.000 dólares (aproximadamente 294.000 reais). Lá, o sedã de alto luxo disputa mercado com as versões mais caras dos alemães Classe S (da Mercedes-Benz), A8 (da Audi), Série 7 (da BMW), além do britânico Jaguar XJ e ainda o japonês Lexus LS. A expectativa da Via Italia é de vender de 25 a trinta unidades do Quattroporte até o fim deste ano.

Acompanhe VEJA Esporte no Facebook

Siga VEJA Esporte no Twitter