Marcos retorna ao Cruzeiro disposto a assumir lateral direita

O Cruzeiro não conseguiu arrumar em 2011 um titular absoluto para a lateral direita, todos os jogadores que passaram pelo setor não corresponderam, casos de Pablo e Vitor, que acabou devolvido ao Palmeiras. Para solucionar o problema, o clube deve apostar as fichas em Marcos, que estava emprestado ao Bahia e volta disposto a assumir a camisa 2.

‘Já passei por aqui. Sei o quanto essa camisa pesa. Acho que é difícil jogar aqui, mas tem que estar preparado. Quando passei por aqui, era mais novo. Agora, venho com mais experiência. Rodei, voltei e quero me firmar com a camisa do Cruzeiro’, declarou.

O jogador sabe das dificuldades que vai enfrentar, mas garante que não vai faltar empenho e trabalho para conquistar a titularidade da Raposa. ‘Claro que é difícil, mas trabalho todo dia para ganhar a titularidade e manter o ritmo de jogo. Acho que tenho que estar preparado. No futebol, todos os times passam por cobrança. Temos que trabalhar para estar firme’, afirmou.

Marcos revela que passou por alguns problemas no Bahia, mas acredita que teve uma boa passagem pela equipe baiana, mas não esconde que o desejo de voltar ao Cruzeiro era grande. ‘Passei um momento difícil lá. Mas, graças a Deus, tive determinação, vontade. Consegui dar a volta por cima e terminei o ano bem. O Vagner Mancini pediu para que eu voltasse, já vinha acompanhando meu trabalho. Estou de volta à boa casa’, comentou.