Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Magnano cobra satisfação de aspirante à NBA chamado para Seleção

Um dos destaques da forte liga universitária dos Estados Unidos, o brasileiro Fabrício Melo foi convocado para defender a Seleção Brasileira no Sul-americano de 2012. De acordo com o técnico Rubén Magnano, o jogador, candidato à entrar na NBA na próxima temporada, ainda não deu qualquer tipo de satisfação oficial.

‘O Fabrício foi convocado, mas não temos notícia dele, ninguém consegue falar com ele. Não posso dizer mais nada sobre isso, porque não conseguimos contato e não temos qualquer resposta sobre a convocação para o Sul-americano’, disse Magnano.

Conhecido como Fab Melo nos Estados Unidos, o pivô de 2,16m defendia a Universidade de Syracuse na NCAA e foi o destaque defensivo da Conferência Big East da liga universitária. Em alta, ele confirmou sua intenção de participar do draft da NBA para realizar o sonho de jogar profissionalmente.

O treinador viu Melo em ação e chegou a falar pessoalmente com ele em 2011 para avisar que estava sendo avaliado. De acordo com Magnano, o atleta já sinalizou que não deve aceitar o chamado para defender o Brasil no Sul-americano, apesar de, segundo o técnico, ainda não ter comunicado oficialmente a CBB sobre o assunto.

‘Os tempos mudaram e atualmente os treinadores precisam de inteligência para reagir em diferentes situações. Agora, os atletas são profissionais e vivem do basquete. O draft da NBA abre uma porta para o futuro dos atletas e eles apostaram nisso’, analisou Magnano.O armador Scott Machado, filho de brasileiros, se destacou pelo Iona Gales na NCAA e também foi convocado para o Sul-americano, mas pediu dispensa para participar do draft da NBA. Diferentemente de Melo, no entanto, ele enviou um comunicado à CBB para tratar do assunto.

‘Infelizmente, o Scott pediu dispensa. Vi jogos dele e temos um verdadeiro potencial na posição de armador. Mas se não tenho o jogador treinando comigo para ver como ele reage, porque muitas vezes o psicológico do atleta muda quando veste a camisa da Seleção, não posso fazer uma boa avaliação’, lamentou Magnano.

O Sul-americano será realizado em Resistencia-ARG de 18 a 22 de junho e oferece quatro vagas na edição de 2013 da Copa América, que por sua vez é classificatória para o Mundial de 2014. O Brasil disputará o torneio com uma Seleção alternativa, comandada pelo técnico Gustavo De Conti, que se apresenta no próximo dia 20 de maio, em São Paulo.