Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Luxemburgo diz que negociou com Zico sua ida para o Flamengo

Mas logo no primeiro treino, novo técnico botou na reserva Diogo, a principal contratação da 'era Zico'

“Quer coisa melhor? Estou perto da minha família e de volta a minha casa, que é o Flamengo. Agora eu vou à praia e voltar a comer churrasquinho de gato”

O novo técnico do Flamengo, Vanderlei Luxemburgo, revelou nesta terça-feira, ao assumir o cargo, que sua ida para o clube começou a ser discutida há algumas semanas, com Zico. O ex-supervisor de futebol do Flamengo contou a ele, por telefone, sobre a insatisfação geral com o desempenho de Silas, o treinador que ficou menos de dois meses no cargo e foi demitido nesta segunda-feira. Luxemburgo cobriu Zico de elogios, lembrou que o Galinho é padrinho de sua filha e lamentou sua saída. “É claro que eu preferia voltar para o Flamengo com ele aqui. Isso não tem dúvida”, disse. Mas, na escalação do time para o primeiro treino sob seu comando, o técnico barrou a principal contratação do clube na era Zico. No lugar do atacante Diogo, entrou o jovem Diego Maurício. Outra surpresa foi a escalação do meia Petkovic, que amargava a reserva sob o comando de Silas.

Luxemburgo foi apresentado oficialmente como treinador às 15h, no Ninho do Urubu, o centro de treinamento do Flamengo em Vargem Grande, na zona Oeste do Rio de Janeiro. Depois de uma rápida conversa com os jogadores, distribuiu os coletes aos titulares e iniciou o treino. Bem a seu estilo, distribuiu broncas e falou muitos palavrões à beira do campo. Ao final do treinamento, participou de uma entrevista coletiva com mais de 50 jornalistas – inclusive de outros estados. As primeiras perguntas, é claro, não poderiam deixar de ser sobre a incômoda posição do Flamengo no Brasileirão. “Gosto de pensar em coisas boas. Aqui a gente tem duas situações. O rebaixamento ou a briga por uma vaga na Copa Sul Americana”, disse o técnico. Já para o ano que vem, Luxemburgo pretende alçar vôos mais altos. E prometeu que o Flamengo disputará o título brasileiro com Fluminense, Corinthians, Cruzeiro e Internacional, times que classificou como os melhores do país na atualidade.

Projeto de longo prazo – O técnico estava claramente satisfeito. Disse que seu projeto com o Flamengo é de longo prazo, tanto que seu contrato tem uma cláusula na qual o clube se obriga a concluir a construção do centro de treinamento Ninho do Urubu até o final de seu contrato, em 2012. “O Flamengo não me trouxe só para treinar o time. Eu vim para ajudar a montar a infra-estrutura e a construir o CT, coisa que eu sei muito bem, porque já ajudei a construir vários neste país”, disse com sua habitual falta de modéstia. Apesar de magoado com a diretoria do Atlético Mineiro, que o dispensou após a goleada de 5 x 0 para o Fluminense em pleno Mineirão, o técnico elogiou a competência dos ex-patrões. “O CT do Atlético é o melhor do Brasil. Em nenhum outro lugar do país tem igual. A nossa proposta é chegar aqui nesse mesmo nível”.

Ainda sobre sua demissão, o técnico disse que, apesar de ter declarado que passaria por uma reciclagem pessoal e só voltaria a treinar um clube no ano que vem, a proposta de Patrícia Amorim foi muito boa, e que uma semana foi o suficiente para ele esfriar a cabeça. Declarou que está feliz em voltar ao Rio, seu estado natal, e finalmente conhecer seu primeiro neto homem, que só viu pela webcam. “Quer coisa melhor? Estou perto da minha família e de volta a minha casa, que é o Flamengo. Agora eu vou à praia e voltar a comer churrasquinho de gato.”

Vanderlei Luxemburgo assume com a missão de tirar o Flamengo, atual campeão braisleiro, da 15ª colocação no Brasileirão 2010. Para isso, ele deverá botar em campo o seguinte time: Marcelo Lomba, Leo Moura, David, Wellinton e Juan; Corrêa, Willians, Kleberson e Pet; Deivid e Diego Maurício.