Lutador deficiente consegue décima vitória no MMA

Americano Nick Newell finalizou o rival Keon Caldwell, neste sábado

Ele não é brasileiro, não luta no UFC e não é campeão em outro torneio, mas vem chamando atenção pelo seu cartel invicto e por ter uma deficiência física. Com dez vitórias consecutivas, o americano Nick Newell mostrou que é possível ter sucesso no MMA, mesmo que tenha uma amputação no antebraço esquerdo. Na noite deste sábado, ele conseguiu seu décimo triunfo ao finalizar Keon Caldwell no primeiro round, com uma incrível guilhotina invertida, no World Series of Fighting. Mas se engana quem acredita que falta pouco para Nick Newell entrar no octógono do UFC. Em janeiro, Dana White disse não acreditar que uma comissão atlética liberaria o garoto de 27 anos para um combate no torneio. “Será que as maiores comissões atléticas deixariam ele lutar? Talvez até consiga em outros estados, mas lutar com apenas um braço me parece loucura.”