Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Liverpool vira sobre Newcastle e fecha ano na briga pela Liga dos Campeões

O Liverpool não apresentou o seu melhor futebol, mas conseguiu uma importante vitória sobre o Newcastle nesta sexta-feira. Jogando no seu estádio, o Anfield Road, a equipe saiu perdendo quando Cabaye abriu o placar. Porém, Bellamy, duas vezes, e Gerrard, que mudou o jogo ao entrar, viraram o placar para 3 a 1 e deram o triunfo de presente à torcida.

Com o resultado, os Reds chegaram a 34 pontos, o mesmo número do Chelsea, porém com um jogo a mais, e fecham o ano de 2011 na briga por uma vaga na Liga dos Campeões. O Newcastle, com 30, se afastou um pouco da disputa.

Na próxima rodada, a primeira de 2012, o time da Terra dos Beatles terá um duro teste: encara o Manchester City, fora de casa. Já os alvinegros tentam a recuperação diante do Queens Park Rangers, dentro dos seus domínios.O Jogo – O duelo começou equilibrado, com o Liverpool tomando controle do meio-campo, mas sem criar nenhuma grande chance de marcar. Na melhor delas, José Enrique recebeu de Bellamy e cruzou rasteiro. A bola, no entanto, cruzou toda a extensão da área e saiu sem ser desviada.

Tímido, o time visitante acabou chegando ao gol em uma jogada isolada. Ryan Taylor dominou na parte lateral da intermediária e levantou a bola dentro da área rival. Cabaye desviou de raspão e a redonda acabou desviando no zagueiro Agger. Reina acabou sendo enganado e viu a bola morrer no fundo das redes.

Melhor em campo, os donos da casa não sentiram o tento sofrido e logo conseguiram empatar. José Enrique cruzou, Adam domina na direita e chuta forte para o meio da área. A zaga não afastou e Bellamy apareceu para igualar o marcador.

Ainda antes do intervalo, Skrtel, aproveitando cruzamento do mesmo Bellamy cabeceou bola rente à trave. No último lance, Cabaye arriscou de longe e acabou mandando por cima da trave de Reina.

No segundo tempo, muita raça, mas pouca demonstração de técnica por ambos os lados. O centroavante Andy Carrol, que custou 35 milhões de euros aos cofres do Liverpool, recebeu lindo passe de Gerrard, que acabara de entrar, mas livre, cara a cara com o goleiro, dominou de canela e viu a bola sair pela linha de fundo.

Porém, em um dos gols de falta mais estranhos dos últimos tempos, os anfitriões viraram o placar. Bellamy bateu, a bola raspou na barreira, desviou em um defensor e, antes de entrar, foi cabeceada para baixo por Simpson, que tirou qualquer chance de defesa de Krul.

Logo na resposta, Demba Ba recebeu na frente de Reina e tocou na saída do goleiro. A bola estava entrando, mas Skrtel se esticou todo para tirar em cima da linha. Pouco depois, Carrol acertou o travessão dos visitantes.

Para selar o triunfo dos donos da casa, faltava então o gol do grande ídolo da torcida. Ainda sem estar com a forma física ideal, Gerrard mostrou velocidade, recebeu na frente e, quase sem ângulo, tocou por entre as pernas de Krul para fazer o 3 a 1.