Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Libertadores: Chapecoense terá noite de celebração na Arena Condá

Time catarinense faz, diante do argentino Lanús, primeiro jogo em Chapecó na história da competição sul-americana

Cerca de três meses e meio depois do acidente aéreo que matou quase toda a sua equipe, além de integrantes da comissão técnica e da diretoria, a Chapecoense viverá nesta quinta-feira um dos momentos mais marcantes de sua história de 43 anos. Contra o Lanús, da Argentina, às 19h30, o clube catarinense fará a primeira partida em Chapecó na Taça Libertadores da América.

Na estreia na competição, a Chapecoense venceu fora de casa o Zulia, da Venezuela, por 2 a 1. E sentiu o carinho do público venezuelano, que aplaudiu os jogadores da equipe de Chapecó. Mas nada parecido com o que se verá nesta quinta-feira, quando a cidade vai lembrar os heróis mortos no acidente e também celebrar a “nova Chapecoense”.

A diretoria do clube, renovada por causa da tragédia, resistiu às muitas ofertas de ajuda que surgiram logo após o acidente, algumas delas mirabolantes, e montou um time dentro da realidade financeira de uma agremiação de pequeno porte. Alguns jogadores experientes, como o goleiro Artur e o atacante Wellington Paulista, foram contratados para liderar a equipe montada pelo técnico Vágner Mancini, o substituto de Caio Júnior.

Apesar do clima de união que tomou conta de Chapecó, houve turbulência no começo de fevereiro por causa de alguns tropeços no Campeonato Catarinense. A recuperação do time no Estadual – terminou o primeiro turno em segundo lugar – e, principalmente, a vitória sobre o Zulia restabeleceram o otimismo na cidade.

Fora de campo, a Chapecoense também teve seus momentos difíceis. As viúvas de cinco jogadores mortos no acidente (Gil, Bruno Rangel, Canela, Ananias e Gimenez) entraram na Justiça pedindo que as indenizações pagas pelo clube levem em conta o direito de imagem que cada atleta recebia, coisa que os dirigentes consideram incorreta.

Os cinco jogadores, e as demais vítimas do acidente, serão homenageados no novo uniforme da Chapecoense, que será usado pela primeira vez nesta quinta. Com todos os seus titulares em campo, o time de Vágner Mancini espera encerrar a noite de celebração em Chapecó com uma vitória sobre o Lanús, que poupou seus melhores jogadores no último fim de semana, quando jogou pelo Campeonato Argentino, e fará de tudo para estragar a festa.