Libertadores 2013: Olímpia e Tolima completam os grupos

Colombianos que bateram o Corinthians na fase preliminar de 2011 avançam

O Olímpia, do Paraguai, e o Deportes Tolima, da Colômbia, conquistaram na quinta-feira as duas últimas vagas para a fase de grupos da Copa Libertadores da América de 2013, eliminando o Defensor, do Uruguai, e o César Vallejo, do Peru. Agora, todas as chaves da principal competição do futebol sul-americano estão completas. Os dois brasileiros que participaram da pré-Libertadores, Grêmio e São Paulo, carimbaram seus passaportes para a fase de grupos do torneio na quarta-feira, eliminando LDU e Bolívar. Ambos caíram em grupos que têm outros brasileiros – os gaúchos pegam o Fluminense e os paulistas, o Atlético-MG, garantindo a realização de quatro clássicos nacionais logo na fase inicial da competição.

Leia também:

Na Bolívia, São Paulo faz 3 gols, leva virada, mas avança

Grêmio avança nos pênaltis e se garante na Libertadores

Na rodada de quinta, o Olímpia venceu o Defensor por 2 a 0 em Assunção. No jogo de ida, os dois times tinham ficado no 0 a 0. O time paraguaio está no grupo 7, ao lado de Deportivo Lara, da Venezuela, Universidad, do Chile e Newell’s Old Boys, da Argentina. Já o Tolima empatou por 1 a 1 com o César Vallejo em Trujillo, no Peru, e garantiu a vaga graças à vitória por 1 a 0 na partida de ida. O Tolima ocupa o grupo 6, ao lado do também colombiano Independiente Santa Fé, do Cerro Porteño do Paraguai e do Real Garcilaso do Peru – uma das chaves mais fracas da Libertadores. Os colombianos voltam à competição depois de uma façanha conquistada em 2011, quando a desconhecida equipe eliminou o Corinthians, com Ronaldo em campo, logo na pré-Libertadores.

Libertadores: a fase de grupos

GRUPO 1: Barcelona de Guayaquil (Equador), Nacional (Uruguai), Boca Jrs. (Argentina) e Toluca (México)

GRUPO 3: Arsenal (Argentina), The Strongest (Bolívia), Atlético-MG e São Paulo

GRUPO 5: Corinthians, San José de Oruro (Bolívia), Millonarios (Colômbia) e Tijuana (México)

GRUPO 7: Deportivo Lara (Venezuela), Universidad (Chile), Newell’s (Argentina) e Olímpia (Paraguai)

GRUPO 2: Sporting Cristal (Peru), Libertad (Paraguai), Palmeiras e Tigre (Argentina)

GRUPO 4: Vélez Sarsfield (Argentina), Peñarol (Uruguai), Emelec (Equador) e Deportes Iqueque (Chile)

GRUPO 6: Independiente (Colômbia), Cerro Porteño (Paraguai), Real Garcilaso (Peru) e Deportes Tolima (Colômbia)

GRUPO 8: Fluminense, Huachipato (Chile), Caracas FC (Venezuela) e Grêmio

(Com agência France-Presse)