Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Leão reclama de falta de oportunidades a são-paulinos na Seleção

Ausentes dos treinos do São Paulo desde o dia 25 de maio, quando se apresentaram à Seleção Brasileira em Hamburgo, para uma série de amistosos, Lucas, Casemiro e Bruno Uvini já estão à disposição do técnico Emerson Leão no São Paulo, mas o treinador acabou reclamando das poucas oportunidades recebidas pelo trio com Mano Menezes.

‘Dois atletas (Lucas e Casemiro) não tiveram tempo nem para serem percebidos. O zagueiro jogou mais, o Uvini, que entrou em uma circunstância necessária, teve pela frente o Messi e sofreu junto com o companheiro a dor de uma derrota para a Argentina’, afirmou Leão, que conta com o trio para quinta-feira, às 21 horas (de Brasília), quando recebe o Coritiba pelo primeiro jogo das semifinais da Copa do Brasil.

Diante da Argentina, no último amistoso de preparação para as Olimpíadas, sábado passado, Bruno Uvini foi titular durante todo o tempo na derrota por 4 a 3, mas Casemiro só atuou durante 17 minutos e Lucas ainda menos, por oito. Lucas ainda começou jogando contra a Dinamarca, no primeiro amistoso da série, mas viu Hulk, seu concorrente direto por vaga, marcar dois gols e garantir a titularidade diante dos Estados Unidos.Uvini foi utilizado contra a Dinamarca, assim como Casemiro, mas só o volante entrou em campo contra os Estados Unidos. Os três entraram em campo diante do México, mas não conseguiram evitar a derrota por 2 a 0, em Dallas. ‘Estar em uma seleção é sempre algo positivo, mas não posso fazer análise crítica da atuação deles, apenas torci’, pontua o técnico do São Paulo.

Leão já teve Lucas à disposição no domingo, quando bateu o Santos por 1 a 0 no Morumbi, e terá os outros dois selecionáveis para quinta-feira, contra o Coxa. O técnico comemora o retorno dos jogadores, mas é o goleiro Dênis quem agradece, em busca de um ‘futebol melhor’ para o Tricolor: ‘Nós já tivemos 13 jogadores fora da equipe, e a volta deles vai ajudar bastante a desenvolver um futebol melhor