Kleber em (novo) dia de fúria: cotovelada, cusparada e expulsão

Experiente atacante do Coritiba se envolveu em uma série de confusões na partida diante do Bahia, pelo Brasileirão

O atacante Kleber “Gladiador”, que aos 33 anos parecia ter melhorado seu comportamento em campo, teve uma forte recaída na tarde de quinta-feira, no empate em 0 a 0 do Coritiba diante do Bahia, no Couto Pereira, pelo Brasileirão. Agressivo desde o início da partida, o atacante da equipe paranaense agrediu adversários de diversas formas até ser expulso por uma cusparada em Edson, que, revidou e também recebeu o cartão vermelho.

Ainda no primeiro tempo, Kleber, ao tentar proteger a bola, acertou uma cotovelada no rosto de Zé Rafael que irritou os jogadores do Bahia, especialmente o volante Edson. Os dois passaram a se estranhar durante todo o restante da partida, até serem expulsos. Primeiro, Kléber acertou um soco no rosto do adversário, fora da disputa de bola. Edson respondeu em outro momento, com um tapa no atacante.

Na segunda etapa, ambos foram expulsos. Como a transmissão do canal Premiere mostrou claramente, Kléber deu uma cusparada em Edson. Segundo o árbitro Wagney Reway relatou na súmula, o defensor do Bahia revidou com outra cusparada. Os jogadores não se manifestaram até o momento e devem ser julgados pelo STJD por suas atitudes.