Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Junior Cigano nega doping: ‘Eu nunca trapacearia’

Ex-campeão peso-pesado foi cortado da luta contra Francis Ngannou, no UFC 215, pelo uso de hidroclorotiazida, um diurético proibido

O lutador brasileiro Junior Cigano dos Santos foi cortado do UFC 215, no qual enfrentaria Francis Ngannou, em 9 de setembro, em Edmonton, no Canadá, por suspeita de doping. Na última sexta-feira, o ex-campeão peso-pesado foi notificado pela Usada (Agência Antidopagem dos Estados Unidos) por possível violação às normas, em amostra coletada no último dia 10, fora do período de competição.

O exame apontou o uso de hidroclorotiazida, um diurético proibido pelo código da Wada (Agência Mundial Antidoping). Neste domingo, Cigano usou suas redes sociais para negar o uso de qualquer substância dopante. Ele pediu a contra-prova do exame e reafirmou o desejo de enfrentar o camaronês/francês Ngannou.

Veja também

“Não estou aqui para dar explicações, logo tudo será esclarecido para todos vocês e sem duvidas que a verdade prevalecerá. Eu estou aqui em respeito a todos vocês. Eu só quero que saibam que essa situação tem sido bastante difícil para mim, meu time e minha família. Eu nunca trapacearia, isso vai contra tudo o que acredito e apoio”, disse Cigano.

“Nós estamos investigando isso a fundo e logo descobriremos o que aconteceu, aprenderemos com isso e seguiremos em frente. Mas eu espero que em um futuro próximo, Francis Ngannou e eu possamos nos enfrentar e dar a vocês, a luta que estavam esperando ver”, completou o lutador catarinense. Cigano, de 33 anos, não luta desde maio, quando foi nocauteado pelo campeão Stipe Miocic no UFC 211, em Dallas. 

Oi pessoal Eu não estou aqui para dar explicações, logo tudo será esclarecido para todos vocês e sem duvidas que a verdade prevalecerá. Eu estou aqui em respeito a todos vocês. Eu só quero que saibam que essa situação tem sido bastante difícil para mim, meu time e minha família. Eu nunca trapacearia, isso vai contra tudo o que acredito e apoio. Nós estamos investigando isso a fundo e logo descobriremos o que aconteceu, aprenderemos com isso e seguiremos em frente. Mas eu espero que em um futuro próximo, Francis Ngannou e eu possamos nos enfrentar e dar a vocês, a luta que estavam esperando ver. Por agora, muito obrigado por todo seu apoio, isso significa muito para mim e é por isso que estou aqui. Boa noite.

A post shared by Junior Cigano Dos Santos (@junior_cigano) on