Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Julio Cesar findará silêncio pós-falhas com entrevista nesta quarta

Julio Cesar falou pela última vez, de maneira rápida, no intervalo da derrota de domingo para a Ponte Preta. Após falhar em dois gols da equipe campineira, o goleiro saiu do Pacaembu chateado e sem conversar com a imprensa. Já passados dois dias do ocorrido, o camisa 1 do Corinthians findará o silêncio com entrevista coletiva na manhã desta quarta-feira, no CT Joaquim Grava, segundo sua assessoria.

De acordo com o técnico Tite, a posição do jogador está em aberto para a partida de ida das oitavas de final da Copa Libertadores, contra o Emelec, em 2 de maio. As opções para substituí-lo em Guayaquil são Danilo Fernandes, também formado nas categorias de base do clube, e Cássio, contratado nesta temporada.

A última palavra pública de Julio Cesar foi breve, antes de a eliminação precoce no Campeonato Paulista se concretizar. Perguntado se havia falhado no primeiro gol pontepretano, ele respondeu que ‘tinha que ver, porque havia muita gente na sua frente’ na cobrança de falta de Willian Magrão. No retorno do intervalo, ele erraria também no terceiro tento adversário, ao acertar tiro de meta nas costas de Leandro Castán, sair errado da meta e ver Rodrigo Pimpão marcar.

Depois disso, o corintiano demonstrou inconformismo consigo próprio, ainda no vestiário do Pacaembu, e conversou rapidamente com Tite e Mauri Lima, preparador de goleiro do time. Desde então, nem no Twitter ele tem se manifestado, muito provavelmente por estar chateado com o momento. Sua última postagem no microblog data de 20 de abril, sexta-feira passada.

‘A coisa mais importante agora é ir para campo trabalhar’, justificou o treinador corintiano, na manhã desta terça-feira, ocasião em que disse compartilhar do sentimento de Julio Cesar.