Inter perde para o Barcelona nos pênaltis na Copa Audi

Por AE

Munique – O Internacional lutou, mas perdeu nesta terça-feira por 4 a 2 para o Barcelona na disputa de pênaltis após empate por 2 a 2 no tempo regulamentar, em duelo válido pelas semifinais da Copa Audi – um torneio amistoso realizado na Allianz Arena, em Munique. O confronto reeditou o duelo que decidiu o Mundial de Clubes de 2006, vencido pela equipe gaúcha por 1 a 0.

Na quarta-feira, o Internacional vai enfrentar o perdedor de Bayern de Munique e Milan, em partida que valerá o terceiro lugar da Copa Audi. Já o Barcelona disputará o título do torneio amistoso contra o vencedor do jogo entre os times da Alemanha e da Itália.

Com campanha regular no Brasileirão – ocupa a sexta colocação -, o Internacional levou muito a sério a Copa Audi. O técnico interino Osmar Loss, que substitui o demitido Paulo Roberto Falcão enquanto a diretoria não contrata um novo treinador, levou seus principais jogadores para a Alemanha e não contou apenas com o meia Zé Roberto, que está contundido.

Já o Barcelona atuou com uma equipe recheada de reservas, já que ainda está no início da sua pré-temporada. Messi, Mascherano, Gabriel Milito, Adriano e Daniel Alves, todos convocados para a disputa da Copa América, ficaram fora do jogo, assim como o recém-contratado Alexis Sánchez.

Mesmo assim, o Barcelona pressionou o Internacional no início da partida e abriu o placar logo aos 14 minutos. Em cobrança de falta ensaiada, Thiago Alcântara, filho do ex-jogador brasileiro Mazinho, recebeu a bola na grande área e tocou na saída do goleiro Muriel para colocar a equipe catalã em vantagem.

Após o gol, o Barcelona continuou tocando bem a bola, criando várias jogadas pelas laterais do campo. O Internacional tinha dificuldade para marcar o adversário, que desperdiçou algumas chances de gol. Aos 16 minutos, Afellay acertou a trave em finalização que foi parcialmente defendida por Muriel. O meia holandês desperdiçou outra oportunidade ainda na etapa inicial.

No intervalo, o Barcelona trocou sete jogadores e o Internacional aproveitou para equilibrar o jogo. A equipe gaúcha empatou o jogo aos 9 minutos. D’Alessandro lançou Leandro Damião e o goleiro Pinto cortou com o pé. A bola sobrou para o Nei, que finalizou para as redes.

O Barcelona voltou a ficar em vantagem aos 18 minutos, com gol de Jonathan, mas cedeu o empate nos minutos finais. Aos 39, o goleiro Pinto saiu jogando errado, deixou a bola nos pés de Leandro Damião, que finalizou. Abidal salvou em cima da linha. Na cobrança de escanteio, o atacante fez, de cabeça, o segundo gol do Internacional.

Na disputa de pênaltis, o Barcelona se deu melhor, desperdiçou apenas uma cobrança, com Jeffren, e venceu por 4 a 2, com o último pênalti sendo batido por Armando. Pelo Internacional, Leandro Damião e Zé Mário churtaram seus pênaltis para fora.