Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ingleses mostram preocupação com gramado de Manaus

Imprensa do país exibiu fotos da má condição do campo da Arena Amazônia

A imprensa inglesa mostrou preocupação com o estado do gramado da Arena Amazônia, em Manaus, após a divulgação de imagens do local nesta quarta-feira. A três dias de receber a partida entre Inglaterra e Itália, no sábado, às 18h (de Brasília), a grama ainda aparenta estar muito seca, amarelada, com falhas e buracos. Segundo o tradicional jornal The Guardian, o uso excessivo de fertilizantes e o clima da cidade são as principais causas do desgaste do gramado.

Leia também:

Recordista, Copa distribuirá milhões até para as figurantes

Na festa da Fifa, conflitos e escândalo assombram Blatter

Balotelli fica noivo no Rio: ‘Ela disse sim’

A imprensa britânica também destacou que o estádio não está totalmente finalizado, com cabos pendurados nos vestiários, locais sem portas de segurança instaladas e trabalhadores asfaltando o lado de fora da arena. A Associação Inglesa de Futebol confirmou ao The Guardian que vai enviar um técnico para analisar a situação do gramado. A Inglaterra vem ao Brasil na quinta-feira e vai treinar na Arena Amazônia no dia seguinte, véspera de sua estreia na Copa.

A Arena Amazônia foi um dos estádios mais criticados da Copa do Mundo. O local sofreu com diversos cancelamentos do jogo inaugural, problemas na instalação dos assentos e a morte de um operário eletrocutado, no mês passado. Além disso, com a falta de grandes clubes de futebol na cidade de Manaus, há o temor de que a arena vire um elefante branco após o Mundial.