Indy: Alonso e Sato levam prêmios milionários nas 500 Milhas

Japonês fez história no domingo e faturou 8 milhões de reais em premiação; estreante, Alonso levou cerca de 1 milhão

Ao vencer no último domingo a 101ª edição das 500 Milhas de Indianápolis, o japonês Takuma Sato recebeu o prêmio  de 2.458.129 dólares (pouco mais de 8 milhões de reais), valor revelado durante o jantar de gala na noite de segunda-feira. No total, foram distribuídos 13,1 milhões (cerca de 43 milhões de reais) aos participantes da corrida. O espanhol Fernando Alonso levou para casa 303.585 dólares (cerca de de 990.000 reais), sendo 50.000 dólares por ter sido eleito o Novato do Ano – ele se classificou em quinto lugar na largada, e liderou a prova por 27 voltas, mas abandonou na 180ª por causa de problemas no carro.

Sato, da Andretti Autosport, se tornou o primeiro japonês a vencer as 500 Milhas de Indianápolis, tendo superado o brasileiro Hélio Castroneves, que já ganhou a prova três vezes, por uma vantagem de 0s2011, a sexta menor da história. Ele ultrapassou o piloto da Penske na volta 195 (faltando cinco para o final).

Castroneves, que se esquivou de vários acidentes e ainda cumpriu punição, se tornou um dos sete pilotos com três segundos lugares nas 500 Milhas de Indianápolis e levou como prêmio 770.629 (pouco mais de 2,5 milhões de reais).

O brasileiro Tony Kanaan, da Ganassi, chegou e quinto e liderou por 22 voltas: ganhou 438.129 dólares (pouco mais de 1,4 milhão de reais). O pole position Scott Dixon,abandonou as 500 Milhas de Indianápolis depois de 53 voltas após se envolver em um assustador acidente com o britânico Jay Howard, ganhou 446.629 dólares (cerca de 1,45 milhão de reais).

(Com Estadão Conteúdo)