Ídolo da seleção camaronesa está em coma

O ex-zagueiro Rigobert Song, de 40 anos, sofreu um AVC e está sob observação em um hospital na capital Yaoundé

O ex-zagueiro e capitão da seleção camaronesa, Rigobert Song, – atual treinador da seleção de Chade -, está em estado de coma após ter sofrido um AVC (Acidente Vascular Cerebral) neste domingo. O ídolo do futebol de Camarões foi levado imediatamente ao Hospital Central de Yaoundé, capital do país, onde ficará por pouco tempo. De acordo com a BBC, Song será transferido a um hospital da França para realizar exames e tratamento intensivo. 

Song é um dos maiores representantes do futebol da África nas duas últimas décadas. Foram quatro Copas do Mundo (1994, 1998, 2002 e 2010), o primeiro africano a realizar tal feito, totalizando 137 partidas pela equipe nacional. Ainda se destacou nas principais ligas do mundo, jogando por equipes como Liverpool, West Ham e Galatasaray, onde também se consagrou como ídolo, sendo apelidado pela torcida turca de “The Big Chief” (“O Grande Chefe”).

LEIA TAMBÉM:
Policial mata ex-jogador de futebol britânico com arma de choque

O estado de saúde do ex-defensor causou comoção nas redes sociais. O maior nome do futebol camaronês, o atacante Samuel Eto’o, se manifestou no Twitter: “Eu desejo-o muita coragem e uma rápida recuperação, irmão #RigobertSong!”.

O Twitter oficial de Liverpool e Galatasaray, inclusive alguns ex-jogadores que atuaram ao lado de Song, também lamentaram a situação: