Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Heynckes nega favoritismo do Bayern na decisão

Por AE

Munique – O Bayern de Munique terá a vantagem de atuar diante de sua torcida na decisão da Liga dos Campeões da Europa diante do Chelsea, que acontecerá neste sábado, na Allianz Arena. Além disso, a equipe fez uma campanha mais regular ao longo da temporada, diferentemente dos ingleses, que chegaram até a trocar de treinador – André Villas-Boas por Roberto Di Matteo – durante a competição.

Mas estes fatores não fazem do time alemão o favorito para a final. Pelo menos foi o que garantiu o técnico Jupp Heynckes. “Não compartilho desta euforia. Não somos os favoritos. Não há favoritos, muito menos diante do Chelsea. Ser humilde é o mais inteligente”, declarou, nesta sexta-feira.

O treinador holandês não escondeu que sua principal preocupação é o ataque do time inglês. Ele exaltou o espanhol Fernando Torres e o marfinense Didier Drogba e disse que, até pelo potencial destes jogadores, o Bayern deve começar a partida de sábado pensando em não levar gols.

“Temos que tomar medidas para frear o rival. Drogba tem sido um dos maiores goleadores da Inglaterra. É perigoso e pode marcar a qualquer momento, mas o Fernando Torres também”, avaliou. “Temos que ser pacientes. Temos que estar tranquilos, manter o gol fechado e depois teremos a oportunidade de ganhar”, completou.

Ao contrário do que disse Heynckes, o lateral e capitão do Bayern, Philipp Lahm, exaltou a vantagem por atuar em casa. “Era um sonho chegar à final em nosso próprio estádio. Conhecemos o estádio, estamos em casa, temos vontade e gana, e queremos ganhar”, afirmou.