Havelange apresenta boa evolução e deve deixar a UTI em breve

Presidente de honra da Fifa, João Havelange teve boa evolução em seu quadro clínico, de acordo com boletim médico divulgado nesta terça-feira pelo Hospital Samaritano. Após a piora em seu quadro na segunda, que fez o dirigente retornar à UTI, o ex-sogro de Ricardo Teixeira deve ser transferido para a unidade semi-intensiva coronariana ‘assim que possível’.

Aos 95 anos, Havelange está internado desde o dia 18 de março, por conta de uma infecção no tornozelo direito. Desde então, o ex-presidente da CBF e Fifa passou por três procedimentos cirúrgicos para drenar a região.

De acordo com boletim assinado pelo cardiologista João Mansur Filho, o tratamento contra esta infecção segue, através do uso de antibióticos. Na madrugada de segunda, Havelange havia tido uma piora em seu quadro, quando apresentou insuficiência cardíaca e respiratória, obrigando-o a retornar à UTI. Naquele momento, o ex-mandatário da Fifa precisou utilizar medicamentos para controlar sua pressão arterial. Por enquanto, Havelange segue sem previsão para receber alta.

João Havelange deixou o cargo que detinha no Comitê Olímpico Internacional (COI) no final de 2011 devido a problemas de saúde. Além de presidir a entidade suprema do futebol mundial, entre 1974 e 1998, João Havelange foi jogador de pólo aquático e disputou os Jogos Olímpicos de 1936 e 1952.

Veja na íntegra o boletim médico desta terça-feira:

João Havelange, 95 anos, permanece internado no Hospital Samaritano, em Botafogo, na Zona Sul do Rio de Janeiro.

Segundo o médico João Mansur Filho, depois de visita hoje, 10.04.12, o estado clínico do Presidente de Honra da Fifa apresenta boa evolução no seu quadro clínico.

Assim que possível, o paciente será transferido para a Unidade Semi-intensiva Coronariana.

O tratamento com antibióticos, por via venosa, segue em curso.

Não há previsão de alta.

João Mansur Filho

Cardiologista

Chefe da Unidade Coronariana do Hospital Samaritano – RJ