Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Harley-Davidson apresenta conceito de motocicleta elétrica

Modelo naked faz parte do projeto LiveWire e promete atingir quase 100 km/h em menos de quatro segundos

A Harley-Davidson apresentou nos Estados Unidos o projeto LiveWire, a primeira motocicleta elétrica da marca. Em um teaser divulgado nessa semana, de 15 segundos, aparece uma moto em alta velocidade, mas com um som diferente do tradicional ronco de outros modelos. Por enquanto, não foram divulgados detalhes da LiveWire, mas a montadora já confirmou que, por enquanto, a moto não será comercializada.

Leia também:

Triumph Daytona 675 chega ao mercado por R$ 41.900

Suzuki Inazuma 250 chegará por R$ 15.900

Harley-Davidson do papa Francisco é leiloada: R$ 790.000

Para medir a aceitação do projeto e ver se vale a pena sua produção, a Harley-Davidson adiantou que convidará clientes tradicionais para testar o protótipo e apontar o que precisa ser ajustado. Esses primeiros testes serão em uma espécie de “turnê”, que passará pela lendária rodovia Rota 66 e por 30 cidades americanas que têm revenda autorizada da marca.

Acompanhe VEJA Esporte no Facebook

Siga VEJA Esporte no Twitter

A LiveWire é equipada com um motor que rende 75 cv e faz a motocicleta ir de 0 a 96 km/h em menos de quatro segundos. A velocidade máxima é de 148 km/h. Informações divulgadas pela revista americana Wired – e não confirmadas pela Harley-Davidson – garantem que as baterias de íons de lítio que equiparão o modelo levam pouco mais de três horas para serem recarregadas em 220 volts e a autonomia é de 85 quilômetros com a carga completa.