Guga recusa proposta para treinar o argentino Del Potro

Tricampeão de Roland Garros confirmou que foi contatado pelo argentino, mas não aceitou para dedicar-se à projetos pessoais e família

Gustavo Kuerten confirmou ter recebido um convite para treinar o argentino Juan Martín del Potro, no retorno do tenista ao circuito mundial. Entretanto, o tricampeão de Roland Garros contou ter recusado a proposta para concentrar-se em projetos pessoais e se dedicar à família. Del Potro disputou poucos torneios entre 2014 e 2015, por causa de uma lesão no punho, e retornou às quadras no início de 2016.

“Eu adoraria ajudar o Del Potro porque é um jogador que tem condições de chegar a número 1 do mundo. Mas com todos os compromissos que assumi a minha prioridade no tênis é o desenvolvimento da Escolinha Guga, projeto que tem a ambição de transformar o tênis no Brasil. E além disso o que sobra de tempo é dedicado à família, para eu acompanhar o crescimento dos meus filhos”, disse Guga, pai de Maria Augusta, de cinco anos, e Luis Felipe, de três..

Mas Guga não descartou atuar como treinador, sem estabelecer prazo. “Quem sabe quando as crianças crescerem, daqui a alguns anos, eu tenha condições de viver esse tipo de experiência.”

Veja também

Guga foi um dos dois nomes citados por Del Potro nos últimos dias como possível treinador. Além do brasileiro, o argentino citou o americano Pete Sampras, dono de 14 títulos de Grand Slam, mas não confirmou contato. Atualmente, o argentino não treinador fixo, mas costuma contar com o apoio de Daniel Orsanic, capitão da Argentina na Copa Davis e ex-treinador de Thomaz Bellucci.