Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Guardiola defende Messi e revela ‘tristeza imensa’

Por AE

Barcelona – O empate entre Barcelona e Chelsea, por 2 a 2, nesta terça-feira, que causou a eliminação do time espanhol na Liga dos Campeões, pode proporcionar consequências mais graves no Camp Nou. Após a partida, o técnico Pep Guardiola revelou que vai se reunir com o presidente Sandro Rosell nos próximos dias para, juntos, eles tomarem uma decisão sobre o seu futuro no clube.

“Falarei de tudo, de toda a situação, e então tomaremos a decisão, porque agora evidentemente é a hora. Que seja o melhor para o clube”, afirmou Guardiola, que tem contrato com Barcelona até o próximo dia 30 de junho.

Com relação à partida desta terça-feira, ele revelou estar sentindo uma “tristeza imensa”. “Sinto que falhamos, que fizemos de tudo para conseguir, mas falhamos”, lamentou o treinador.

Guardiola elogiou a atuação da sua equipe apesar da eliminação. “O futebol está muito agradecido por sua atuação. Eles fizeram uma grande eliminatória. Nunca houve uma semifinal em que fizemos tanto para avançar. Mas não foi suficiente e é isso que conta. Algo nós fizemos mal.”

O treinador, que afirmou que sua equipe sentiu um “dano psicológico” pelo gol marcado por Ramires, no fim do primeiro tempo, quando o Barcelona tinha 2 a 0 no placar, revelou também não saber ao certo distinguir o seu sentimento nesta dolorosa eliminação.

“Não sei se é a noite mais triste (da carreira). Não sei, não sei muito bem o que estou sentindo. Olho para a equipe para decidir o que eles fizeram de errado, mas não encontrou”, disse ele.

Com relação a Messi, como não poderia ser diferente, Guardiola reafirmou sua confiança no melhor jogador do mundo. “Chegamos aqui graças a este garoto. Minha admiração é insuperável, pelo seu atrevimento, pela sua coragem. É um exemplo de competitividade. Não tenho dúvidas de que passará por umas horas ruins, mas ele sabe de sua competitividade. Mas o bonito de este esporte é que tem destas coisas. Agora temos que aceitar que outra equipe irá a Munique e nos prepararmos para o ano que vem. Nem sempre se pode ganhar.”