Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Guardiola anuncia que se reunirá com presidente do Barça para definir futuro

Barcelona, 25 abr (EFE).- Após a eliminação nas semifinais da Liga dos Campeões nesta terça-feira, com um empate em 2 a 2 com o Chelsea no estádio Camp Nou, o técnico Josep Guardiola anunciou que se reunirá nos próximos dias com o presidente do Barcelona, Sandro Rosell, para tomar uma decisão sobre seu futuro à frente da equipe.

Na entrevista coletiva posterior ao jogo contra os ‘Blues’,, Guardiola revelou que terá um encontro com Rosell para tomar uma decisão ‘que seja a melhor para a instituição’.

O contrato do treinador com o clube catalão se encerra no dia 30 de junho deste ano. Caso renove, ele chegará na sua quinta temporada à frente da equipe catalã. Desde 2008, quando Guardiola assumiu o time, o Barcelona viveu sua fase mais gloriosa, com 13 títulos em 16 disputados.

‘Conversarei sobre tudo, sobre a situação, e então tomaremos a decisão. Porque agora, evidentemente, as coisas já estão andando’, declarou o técnico, que revelou o tom da conversa com os atletas após a queda.

‘Disse a eles que o futebol está muito agradecido pela atuação que tiveram, que fizeram uma grande eliminatória. Não houve uma eliminatória em que tenhamos feito tanto para passar da semifinal. Mas não foi o suficiente, e é o que importa. Fizemos algo errado’, afirmou.

‘Sinto uma tristeza imensa. Sinto que falhamos, que fizemos tudo para conseguir, mas falhamos’, completou.

Guardiola também elogiou o Chelsea pela classificação, e disse que seus jogadores tem que olhar para frente, com a final da Copa do Rei, contra o Athletic Bilbao, se aproximando. E, assim como alguns atletas, perdoou Lionel Messi por ter errado uma cobrança de pênalti.

‘Chegamos aqui graças a este menino, logo, temos que agradecê-lo pelo que fez. Minha admiração é insuperável, por seu atrevimento, sua coragem. É um exemplo de competitividade, que nos motiva a ser melhores’, encerrou Guardiola. EFE