Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Guarani se reabilita e afunda Duque de Caxias

O Guarani conseguiu se reabilitar no Campeonato Brasileiro da série B ao golear o Duque de Caxias por 4 a 0 em partida disputada na noite desta terça-feira, no Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas. O resultado fez justiça ao melhor desempenho da equipe dirigida por Giba que soube controlar as ações desde o início da partida, enquanto o Duque de Caxias não conseguiu se organizar em momento algum do jogo.

Com o resultado, o time paulista subiu para 12 pontos ganhos e ocupa provisoriamente a 11a posição, enquanto o time da Baixada Fluminense segue sem vencer na competição e se mantém na lanterna do torneio com apenas quatro pontos ganhos.

Na próxima rodada o Guarani vai encarar o Grêmio em Barueri enquanto o Duque de Caxias receberá o Goiás.

O Jogo – O Guarani começou melhor a partida e logo aos dois minutos, Denilson fez ótimo lançamento para Fabinho que entrou batendo mas jogou para fora. Muito recuado, o Duque de Caxias apenas tentava manter a bola afastada da sua área mas aos oito minutos, foi a vez de Fabinho Souza descobrir Denilson na área, mas o goleiro Thiago Schmidt fez grande defesa. Aos 15 foi a vez de Felipe desperdiçar a chance.

De tanto insistir, o time de Campinas chegou ao gol aos 18 minutos.Fabinho Souza recebeu de Denilson e chutou cruzado. A bola desviou em Edu Pina e tirou qualquer chance de defesa para o goleiro Thiago. O árbitro deu o gol para o jogador do Duque de Caxias, contra, Aos 27 minutos, o Bugre ampliou. Fabinho Souza recebeu bom passe de Felipe e chutou para marcar.

O Duque de Caxias não mostrava disposição para reagir e aos 35 foi a vez de Felipe carimbar a trave da equipe do Rio de Janeiro. E para piorar as coisas para o Duque de Caxias o artilheiro Somália se lesionou e teve que ser substituído.

O Duque de Caxias voltou modificado para o segundo tempo e tentando mudar o panorama da partida. E nos primeiros minutos, o time da Baixada pressionou a defesa da equipe paulista mas não conseguiu criar situações de gol. Aos cinco minutos, o time da casa quase marca o terceiro em chute de Denilson que foi bem defendido por Thiago.

Só aos oito minutos é que os visitantes chegaram perto de marcar. Tony cruzou, John ajeitou e Santiago mandou a bomba, mas o goleiro Emerson fez grande defesa e salvou sua equipe. Aos 11 foi a vez de Tony perder grande oportunidade ao receber na frente do gol e demorar a concluir.

Aos 14 minutos, Bruno Costa cometeu falta na entrada da área e Aíslan cobrou com categoria para anotar o terceiro gol do Guarani. Dois minutos depois, o time paulista chegou ao quarto gol, através de Denilson cobrando pênalti cometido por Vítor puxou a camisa de Fabinho.

Com a fatura liquidada, o Guarani passou a tocar a bola para gastar o tempo diante da passividade do adversário que parecia conformado em sofrer mais uma derrota na competição. E mesmo sem forçar o Bugre teve a chance de marcar o quinto gol em chute de Ancelmo que quase surpreendeu o goleiro Thiago no último lance importante da partida.