Guarani estreia na Copa do Brasil com reservas, assegura Vadão

A apertada tabela do futebol nacional fará com que o Guarani inicie a disputa da Copa do Brasil com um time formado exclusivamente por reservas. Quem confirma a opção é o próprio Oswaldo Alvarez, que vê seus principais jogadores desgastados no Campeonato Paulista e prefere priorizar a competição estadual por enquanto.

Depois de ser derrotado pelo Bragantino, em Bragança Paulista, por 1 a 0, na 12rodada do Paulistão, o Guarani corre o risco de ficar longe das primeiras posições da tabela de classificação. Na última quarta-feira, no Brinco de Ouro, o time de Vadão também foi derrotado pelo Santos e precisa reagir para não ficar para trás.

‘A viagem para a Copa do Brasil será muito desgastante para o nosso elenco e eu já deixei claro ao Mingone (presidente do clube) que temos que poupar os titulares nessa estreia. Estamos vivendo uma verdadeira maratona. Quero avisar a torcida que isso não é motivo para preocupação, porque temos um elenco forte e capaz de vencer’, afirmou Vadão após a derrota pelo Estadual.

Os reservas do Guarani – talvez o goleiro Emerson seja o único titular utilizado – entram em campo às 19h30 (de Brasília), da próxima quarta-feira, em Taguatinga, para estrear na Copa do Brasil. A disputa pelo título inédito na história do Bugre começa diante do Brasiliense, equipe comandada pelo técnico Edson Gaúcho e que tem Adrianinho, ex-jogador da Ponte Preta, vestindo a camisa 10. Depois desse embate, o Guarani terá pela frente o Corinthians, na 13rodada do Paulistã

Contra o Brasiliense, o atacante Bruno Mendes terá a chance de provar que pode ser titular de Ronaldo, sem marcar há cinco rodadas. ‘O Ronaldo é jovem, talvez não tenha que ficar fora como o Fumagalli ou o Fabinho, mas eu preciso observar o Bruno, que tem tudo para ser um grande elemento do time’, afirmou Vadão.