Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Grêmio bate Vasco e encosta nos líderes, que só empatam

O Fluminense ficou no 1 a 1 contra o Corinthians e o Atlético-MG deixou a vitória escapar em casa diante da Ponte Preta, que arrancou um empate por 2 a 2

A briga pelo título do Campeonato Brasileiro, a julgar pela abertura do segundo turno nesta quarta-feira, começou a ganhar mais sério um concorrente: o Grêmio. Com gols de Marcelo Moreno e Kléber, o time gaúcho ganhou sua terceira partida consecutiva diante do Vasco. Com os 2 a 0, a equipe de Porto Alegre se aproximou dos líderes Atlético-MG e Fluminense, que só empataram em suas partidas – em casa, os mineiros deixaram a vitória contra a Ponte Preta, que arrancou um empate por 2a 2, enquanto os cariocas ficaram no 1 a 1 contra o Corinthians, no Engenhão. Agora, o Grêmio tem 40 pontos, contra 43 do Fluminense e 44 do Atlético-MG. O Vasco segue em quarto, com 35.

Tabela: confira os resultados da rodada e a classificação

A partida em Porto Alegre foi o típico confronto de duas equipes fortes no início: muita disputa e cautela. Mas o Grêmio partiu para cima do Vasco e, empurrado por uma torcida entusiasmada, encurralou os cruz-maltinos a partir dos 30 minutos e chegou ao gol antes do intervalo, aos 41 minutos. Na etapa final, o tricolor gaúcho ampliou a vantagem cedo, aos 12 minutos. O Vasco só criou chances após o 2 a 0, mas não conseguiu sequer descontar. Na próxima rodada, o Grêmio tem compromisso longe do estádio Olímpico: enfrenta o desesperado Palmeiras, na Arena Barueri. O Vasco, que perdeu a terceira partida seguida, recebe a Portuguesa, em casa. Os dois jogos correm no sábado.

Engenhão – Enquanto isso, no Engenhão, o Fluminense conseguiu repetir as recentes boas atuações, dominou as ações durante os 90 minutos, mas não reverteu o bom desempenho em gols. A equipe saiu perdendo para o Corinthias, que marcou com Emerson aos 36 minutos da etapa inicial. Com a vantagem, o time paulista abdicou completamente do ataque, limitando-se a defender o resultado.

Corinthians e Fluminense empatam no Rio

Corinthians e Fluminense empatam no Rio (VEJA)

Buscando o gol quase o tempo todo, o Fluminense chegou ao empate com Fred, que marcou aos 37 minutos do segundo tempo. A igualdade no placar, porém, arrefeceu os ânimos e o Flu não se arriscou para chegar a um resultado melhor, mostrando que estava plenamente satisfeito com o resultado, embora uma vitória o colocasse na ponta da tabela. Na próxima rodada, o time carioca enfrentará o Figueirense, no Orlando Scarpelli. O Corinthians receberá o Atlético-MG, no Pacaembu.

Independência – Já o líder Atlético-MG tropeçou em casa ao empatar em 2 a 2 com a Ponte Preta, no Independência, em Belo Horizonte. O time mineiro mostrou um futebol muito irregular e completamente diferente daquele que o levou a liderança do primeiro turno da competição com uma partida de antecedência.

Mérito para a Ponte, que não se intimidou com o fato de enfrentar o líder do Brasileirão na casa do rival, que saiu na frente com Danilinho, aos 14 minutos. Cicinho empatou para o time de Campinas no final do primeiro tempo, aos 42 minutos. Após o intervalo, o roteiro se repetiu: Guilherme colocou o Atlético-MG mais uma vez na frente, aos 4 minutos, e Cicinho – de novo ele – deu números finais ao placar aos 37 minutos do segundo tempo.

Com o empate, a Ponte Preta chegou a 24 pontos (14º lugar), enquanto o time mineiro ficou com 44 e já vê sua liderança ameaçada com a aproximação dos rivais de G-4. No próximo domingo, o Atlético-MG viaja para São Paulo para enfrentar o Corinthians no Pacaembu, a partir das 16h. No mesmo dia, a Ponte recebe o Atlético-GO, às 18h30, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas.

Neymar lamenta derrota do Santos para o Bahia na Vila Belmiro

Neymar lamenta derrota do Santos para o Bahia na Vila Belmiro (VEJA)

Outros jogos – A primeira rodada do segundo turno não começou nada bem para dois gigantes paulistas, Palmeiras e Santos. O time da capital sofreu um sonoro 3 a 0 diante da Portuguesa, no Canindé, e segue na zona de rebaixamento, na 17 posição, com 16 pontos. A rodada só não foi pior para o Palmeiras porque Atlético-GO e Figueirense, que também estão nas últimas posições, perderam seus jogos – os goianos por 2 a 0 para o Cruzeiro e os catarinenses por 3 a 2, para o Náutico.

Já o Santos sofreu uma pane no segundo tempo diante do Bahia, na Vila Belmeiro, e assistiu à virada do time de Salvador, que saiu atrás mas reverteu a desvantagem e terminou vencendo por 3 a 1. Após receber cruzamento de Neymar, André marcou de cabeça para a equipe da Baixada Santista aos 14 minutos do primeiro tempo. Na etapa final, Souza, aos 14, Neto, aos 18, e Gabriel, aos 27 minutos foram os responsáveis pelo placar, que derrubou a invencibilidade do Santos em casa.

Ainda nesta quarta-feira, o Coritiba venceu o Internacional por 1 a 0, no Couto Pereira. A derrota gaúcha possibilitou que o Cruzeiro assumisse a sexta posição, com os mesmos 31 pontos do Inter, mas uma vitória a mais. A 20ª rodada do Brasileirão tem complemento na noite desta quinta-feira com dois jogos: São Paulo e Botafogo, no Morumbi, e Flamengo e Sport, no Engenhão.

(Com Gazeta Press)