Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Goleiro da seleção alemã tem lapso de memória após bolada

Bernd Leno, de 24 anos, disse à imprensa alemã que não se lembra de nada entre os 21 e 35 minutos do primeiro tempo

O goleiro do Bayer Leverkusen, Bernd Leno, reserva da seleção da Alemanha, levou uma forte bolada na cabeça durante a partida contra o Borussia Monchengladbach, no sábado, ficou desacordado por alguns segundos e diz não se lembrar de boa parte do primeiro tempo. Aos 21 minutos, o atacante Oscar Wendt invadiu pela esquerda a área do Leverkusen e finalizou com um chute forte à queima-roupa, acertando em cheio a cabeça de Leno. Após o lance, ele ficou no chão e precisou de atendimento. “Não tenho nenhuma lembrança do que aconteceu no jogo entre os 21 e 35 minutos do primeiro tempo”, declarou o jogador de 24 anos ao jornal alemão Bild.

“Tirando essa pequena perda de memória, ele não sofreu nada. Podemos exemplificar o ocorrido como um CD, que apesar de ter um pequeno aranhão, é possível ouvir a música sem problema”, explicou o médico-chefe do clube, Karl-Heinrich Dittmar.

Leno é reserva de Manuel Neuer na seleção alemã: foi convocado pelo técnico Joachim Low para a última edição da Eurocopa e fará parte do elenco tetracampeão do mundo no próximo amistoso, contra a Finlândia, na quarta-feira, e nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018 diante da Noruega, no domingo.

Leia também:
Alemanha quebra tabu, elimina Itália e avança às semis
Técnico da Alemanha justifica gesto nojento: ‘Adrenalina’

Outro caso – Na final da Copa do Mundo de 2014, disputada entre Alemanha e Argentina, outro alemão sofreu perda de memória ao sofrer um trauma na cabeça. O volante Christoph Kramer se chocou com o argentino Ezequiel Garay e, após a partida, afirmou que não se lembrava do começo da partida e nem de sua substituição.