Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ganeses expulsos da Copa fazem provocação nas redes sociais

Muntari e Boateng foram punidos por agredir e ofender a comissão técnica

Sulley Muntari e Kevin-Prince Boateng não parecem arrependidos dos episódios que causaram a expulsão de ambos da seleção ganesa, que disputa a Copa do Mundo. Os dois principais jogadores da equipe africana foram punidos por indisciplina na noite da última quarta-feira. Segundo informou a federação ganesa, Muntari agrediu um dirigente e o perseguiu com uma garrafa de vidro quebrada na mão. Boateng foi banido por ter xingado o treinador Kwesi Appiah durante um treinamento em Maceió. Na tarde desta quinta-feira, Boateng posou com o companheiro para um foto em sua conta no Twitter. “Amigos para a vida toda. Não acreditem no ‘hype’ “, escreveu o jogador do Shalke 04 – “hype” é uma gíria para algo exagerado ou estratégia de marketing para enfatizar uma ideia.

Leia também:

Gana chega à partida decisiva de bolso cheio e time vazio

Muntary e Boateng tiveram suas credenciais da Copa cassadas e foram desligados da seleção, que ficará com apenas 21 jogadores, mesmo que avance às oitavas de final. Nesta temporada, Boateng já havia causado confusão no futebol alemão ao ser flagrado fumando e tomando cerveja no vestiário, logo depois de um jogo do Shalke. Boateng e Muntari foram companheiros de Milan em 2012.

Friends for life…..#dontbelievethehype @sulleymuntari pic.twitter.com/DH65teZmFn

– Kevin-Prince Boateng (@KPBofficial) 26 junho 2014