Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Fucile e Henrique não viajam para Bolívia; Maranhão deve ser titular

O Santos iniciou o trajeto de sua viagem rumo a Bolívia na tarde desta terça-feira, no CT Rei Pelé. Mas o Peixe, que embarca mais tarde em voo fretado do Aeroporto de Viracopos, em Campinas, com destino a Santa Cruz de la Sierra, terá dois desfalques importantes para o duelo com o Bolívar (Bolívia). O lateral direito Fucile e o volante Henrique, contundidos, não enfrentam La Academia, nesta quarta-feira, a partir das 21h50 (horário de Brasília), em La Paz.

O uruguaio ainda se recupera de entorse no pé esquerdo, enquanto o meio-campista, com dores no joelho direito, chegou a fazer testes durante o treino da equipe santista, na manhã desta terça. Porém, os resultados de Henrique não foram suficientes para que o departamento médico alvinegro desse o aval ao técnico Muricy Ramalho para levá-lo a capital boliviana.

‘O Henrique vai ficar em recuperação. Devemos fazer exames até o final da semana para saber ele terá condições de jogar contra o São Paulo (domingo, no Morumbi, pela semifinal do Paulistão). O Fucile é a mesma coisa. Ele está se recuperando bem. Só que precisávamos de mais tempo para eles enfrentarem o Bolívar. Não deu’, disse o médico Maurício Zenaide.

Com a dupla vetada, Muricy ficou sem grandes opções para a lateral direita, já que Fucile é o titular da posição e Henrique vinha atuando improvisado no setor. Com isso, Maranhão, que foi inscrito no lugar de Pará para a fase de mata-mata da Copa Libertadores da América, deve ser mantido como titular – o ala atuou e marcou gol contra o Mogi Mirim, na vitória do último domingo, na Vila Belmiro, pelas quartas de final do Campeonato Paulista.

‘O Maranhão deve jogar. O Fucile a gente sabia que não poderia contar, mas ainda havia a esperança de que o Henrique viajasse. Como não deu e vamos disputar uma partida importante, decisiva, não dá para improvisar. O Maranhão foi bem contra o Mogi e deve continuar no time’, comentou Muricy Ramalho.

Desta forma, o Santos está praticamente definido para visitar o Bolívar, na altitude de 3.660 metros de La Paz. O Peixe deve jogar com a seguinte formação: Rafael; Maranhão, Edu Dracena, Durval e Juan; Adriano, Arouca, Elano e Paulo Henrique Ganso; Neymar e Borges.